Páginas

12 novembro 2018

SEM CRISE: Primeiro FPM de novembro vem com alta de 19,76%

A transferência referente ao 1º decêndio do mês novembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será promovida nesta sexta-feira, 9. Comparado com o mesmo decêndio do ano passado, o valor será 19,76% maior. O repasse aos Municípios será de R$ 3,7 bilhões, já descontado a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de quase R$ 4,7 bilhões. 

O primeiro decêndio sofre influência da arrecadação do mês anterior, uma vez que a base de cálculo para o repasse é dos dias 20 a 30. Esse 1º decêndio, geralmente, é o maior do mês e representa quase a metade do valor esperado para o mês inteiro. Quando o valor do repasse é deflacionado, levando-se em conta a inflação do período, comparado ao mesmo período do ano anterior, o crescimento é de 14,86%, de acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Diante do valor acumulado do FPM em 2018, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) ressalta que é preciso planejamento e reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas sem que haja ônus para os gestores municipais. A entidade orienta que gestores municipais devem manter cautela e ficarem atentos ao gerir os recursos do Município dentro do próprio mês, uma vez que os valores previstos sempre são diferentes dos valores realizados.

Corte de ministérios deve gerar economia de R$ 85,6 milhões

Com a intenção de reduzir o número de ministérios de 29 para 18, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), está cumprindo a pretensão de enxugar a máquina pública. A medida promete mexer na Esplanada dos Ministérios, que tem 17 prédios. Atualmente, o local é considerado insuficiente para abrigar todos os servidores públicos federais. Tanto é que três pastas ficam em outras regiões de Brasília — Transparência, Cidades e Esportes. Levantamento do Correio mostra que o aluguel para manter esses prédios e outros anexos custa, ao menos, R$ 85,6 milhões por ano.

Pelo menos seis mil funcionários públicos federais trabalham em ministérios localizados fora da Esplanada. Segundo analistas, manter as estruturas onera o Estado, e caberá ao eleito decidir se deve ou não reduzir os desembolsos para otimizar os gastos. Os cortes não têm impactos significativos no ajuste fiscal, já que os principais vilões do orçamento são outras despesas mais robustas, como os benefícios previdenciários, em que o deficit se aproxima de R$ 300 bilhões.

Controladoria Geral do RN publica edital para concurso com 53 vagas

A Controladoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte publicou na edição deste sábado (10), no Diário Oficial do Estado (DOE), edital para concurso público com a oferta de 53 vagas. Os cargos são para Analista Contábil (30 vagas) e Técnico de Controle Interno (23 vagas).

De acordo com o edital (acesse AQUI), as inscrições começam na terça-feira (14) e vão até 16 de dezembro. O valor da taxa é de R$ 90.

A remuneração é composta por: R$ 3.095,63 + R$ 1.200,00 (Vencimento + Gratificação de Desempenho), Totalizando R$ 4.295,63. A carga horária é de 40 horas semanais.

A banca organizadora do concurso é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), e os candidatos devem acessar o site da banca para realizar a inscrição.

O concurso tem duas etapas

1 – Provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório
Avaliação de títulos

2 – As aplicações das provas objetiva e discursiva serão realizadas em Natal. A primeira será no dia 20 de janeiro/19 e a segunda no dia 10 de fevereiro/19.

Ex-prefeita e ex-secretária de Monte das Gameleiras-RN são condenadas por pagamento indevido de salários

A ex-Prefeita do Município de Monte das Gameleiras, Edna Régia Sales Pinheiro Franklin de Albuquerque e a ex-secretária de Saúde daquela cidade, Érika Cristine Sales Pinheiro, foram condenadas por improbidade administrativa em virtude de supostas irregularidades no quadro de servidores da saúde do Município. A sentença é do Grupo de Apoio à Meta 4 do CNJ, em julgamento de processo da Comarca de São José do Campestre.

Assim, Edna Régia, Prefeita do Município de Monte de Gameleiras, à época dos fatos, foi condenada no pagamento de multa civil equivalente a 10 vezes o valor da última remuneração percebida na qualidade de Prefeita da municipalidade, que deverá ser revertida em benefício do Município de Monte de Gameleiras.

Atletas laurentinenses participarão do I Open Internacional Action de Jiu-Jitsu em Fortaleza - CE

Os atletas laurentinenses Bismark Marciel, João Batista dos Santos (Joca) e Alisson Palhares, ambos medalhistas em campeonato mundial de Jiu-Jitsu agora vão em busca de um título da federação mais famosa de Abu Dhabi a UAE Jiu-Jitsu Federation, no I Open Internacional Action. O evento acontecerá na cidade de Fortaleza no estado do Ceará nos dias 24 e 25 de novembro.
Os referidos atletas vem se destacando em vários eventos de Jiu-Jítsu no estado do Rio Grande do Norte, elevando positivamente o nome da cidade de Tenente Laurentino no cenário estadual como um dos destaques do Jiu-Jítsu potiguar.

O QUE JÁ ERA INCRÍVEL, VIROU POWER!


A internet na velocidade da luz com um preço que você nunca viu!
Ligue agora e venha para a rede de Fibra Óptica que mais cresce no Seridó!
“Presente em 14 cidades, esse ano completará 14 anos,
lança novos planos para clientes atendidos na rede fibra óptica!
Star Conect, fibra óptica de verdade!”

11 novembro 2018

Chuvas são insuficientes e Paraíba e Ceará sofrem com falta d’água

As chuvas deste ano não foram suficientes para encher os reservatórios de boa parte do sertão nordestino, depois de anos de seca. “As chuvas deste ano foram bem melhores do que ano passado, embora ainda estejamos numa situação bastante crítica devido às chuvas ocorridas nos últimos anos, que foram abaixo da média”, diz a meteorologista Marle Bandeira.

Dos 233 municípios paraibanos, 176 estão em situação de emergência por causa da seca. Significa dizer que 80% das cidades estão sofrendo com falta d’água. Em todo o estado, 128 açudes são monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). Mais de 50% estão com menos de 20% da capacidade.

Em boa parte da zona rural de Boqueirão, Cariri da Paraíba, a água só chega de carro pipa, e apenas uma vez por mês. Por isso, os agricultores cuidam das cisternas como se fossem ouro. O açude de Boqueirão abastece 19 cidades. Além da chuva, conta com a água da transposição do rio São Francisco. Os produtores que vivem pertinho do açude só podem irrigar plantações com até meio hectare.

No Ceará, a situação não é diferente. Hoje, a capacidade hídrica do estado é de pouco mais de 12%. A reserva deve garantir o abastecimento humano apenas para os próximos três meses. Na cidade de Granjeiro, por exemplo, desde 2015 os moradores enfrentam escassez de água. O único reservatório da cidade, o açude do Junco, secou, e apenas este ano recuperou um pouco do volume que havia perdido. Mas a qualidade da água nas torneiras não é a ideal.

Zé Ramalho tem sucesso de 1992 revivido em trilha de outra novela do gênero realismo fantástico

Em 1991, Zé Ramalho gravou versão em português de sucesso da música country norte-americana, Amarillo by morning, composição de Terry Sttaford e Paul Fraser lançada em 1973 em disco de Stafford e amplificada em regravação lançada em 1982 pelo cantor de country George Strait.

Escrita por Aldir Blanc para a trilha sonora da novela Pedra sobre pedra, exibida de janeiro a agosto de 1992 pela TV Globo, a versão intitulada Entre a serpente e a estrela fez sucesso no registro cavernoso de Zé Ramalho e reanimou a carreira do cantor paraibano, que até então atravessava período de baixa visibilidade no mercado fonográfico.

Decorridos 26 anos, Zé Ramalho está em alta no mercado, fazendo shows por todo o Brasil, e quem ganha novo fôlego é a música Entre e a serpente e a estrela por ter sido incluída na trilha sonora da novela, O sétimo guardião, que traz o autor Aguinaldo Silva de volta ao universo do realismo mágico.

Programada pela TV Globo para estrear em 12 de novembro no horário das 21h, O sétimo guardião embute na trama intencionais citações de personagens e cidades fictícias de outras novelas do autor nesse gênero do realismo fantástico, inclusive Pedra sobre pedra, cuja trama também é criação bem-sucedida de Aguinaldo Silva.

Tais alusões dão sentido ao reaproveitamento de Entre a serpente e a estrela na trilha da próxima novela, na voz do mesmo Zé Ramalho, em gravação já ouvida nas chamadas de O sétimo guardião.

Campanha já supera 2 milhões de assinaturas contra aumento de salário do STF

Uma campanha online contra o reajuste de 16,38% no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já conta com mais de 2 milhões de assinaturas. A iniciativa foi feita pelo Partido Novo, que também peticionou o presidente Michel Temer contra o aumento.

Segundo a legenda, o reajuste “causa enorme impacto fiscal em todos os Estados brasileiros, devido a alteração do teto de salários do funcionalismo público”. Se sancionado o projeto de lei que prevê o aumento, a remuneração dos ministros passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil mensais.

Cálculos feitos por consultorias da Câmara dos Deputados e do Senado apontam que o chamado “efeito cascata” causado pela expansão do teto do funcionalismo público pode custar cerca de R$ 4,1 bilhões. Estados que enfrentam crises financeiras, como o Rio de Janeiro e Minas Gerais, poderão sofrer para cobrir o aumento na folha de pagamento dos servidores.

“O NOVO sustenta que o chefe do Poder Executivo não pode aumentar a despesa com os servidores faltando menos de 180 dias para término de seu mandato, conforme dispõe a Lei de Responsabilidade Fiscal”, afirma o partido. A campanha online, que até o fim da noite desta sexta-feira, 9, contava com 2.273.834 assinaturas, foi anexada à petição encaminhada ao Planalto. A meta do partido é atingir a meta de 3 milhões.

Bolsonaro recebe apoio de Silvio Santos no Teleton: ‘vai ficar oito anos’

O presidente eleito Jair Bolsonaro falou ao vivo por telefone com Silvio Santos durante a maratona de programação do Teleton, no SBT, na noite deste sábado, 10. Durante a conversa, Silvio fez elogios ao capitão reformado e afirmou desejar que ele tenha oito anos de governo. O apresentador e controlador do SBT disse ainda ter a impressão de que o governo Bolsonaro seria seguido por mais oito anos de presidência de Sergio Moro, o escolhido para comandar a pasta da Justiça e Segurança Pública.

“Não vou falar aquilo que eu penso, mas eu acho que, nos próximos oito anos o senhor vai ficar no nosso governo e depois nos outros oito anos tenho a impressão… Tenho palpite, claro, não sou político, mas acho que a sua escolha para o ministério colocando o juiz Moro, o Sérgio Moro… Eu acho que você pode ficar oito anos e depois, passando para o Moro, ele fica mais oito anos”, disse Silvio Santos a Bolsonaro durante a ligação telefônica televisionada ao vivo.

Silvio Santos ainda disse que aquela era a primeira ligação de um presidente recebida por ele “em vinte e poucos anos que eu faço o Teleton”. “Eu acho que o Brasil vai ter 16 anos de homens com vontade de fazer o Brasil caminhar”, afirmou o apresentador. “Pode ser que isso não aconteça, mas, se depender da minha vontade e da vontade das pessoas que querem o Brasil pra frente, oito anos com Bolsonaro e oito com Moro, vamos ter 16 anos de um bom caminho”, concluiu.

Bolsonaro respondeu dizendo ser fã de Silvio Santos e falou também sobre Moro. “Obrigada pela referência elogiosa ao nosso futuro ministro, Sergio Moro. Mérito dele, não é nosso”, afirmou Bolsonaro disse que Moro é “o homem que nos deu esperança de poder viver num País, se não for sem corrupção, com menos corrupção”.

O presidente eleito pediu ainda que eleitores que tenham ou não votado nele fizessem uma doação de ao menos R$ 5 ao Teleton, campanha que recolhe recursos para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Paciente morre após ambulância bater contra dois caminhões

Um jovem de 27 anos que era transportado em uma ambulância morreu na madrugada deste domingo (11) após o veículo bater contra dois caminhões na BR-153, em Ceres, no centro de Goiás. No acidente, uma carga de produto químico ficou esparramado na pista, que foi interditada.

O acidente aconteceu por volta de 5h. “O motorista da ambulância bateu na traseira de um caminhão e invadiu a pista contrária, colidindo com outro caminhão que transportava a carga perigosa. Em seguida, a ambulância saiu da pista. O paciente morreu e o condutor ficou ferido”, disse o inspetor Newton Morais, assessor de imprensa da Polícia Rodoviária Federal.

O primeiro caminhão atingido pela ambulância não foi localizado. A suspeita é que ele não tenha percebido o impacto. Já o condutor do outro veículo de carga não se feriu. A identidade da vítima e do condutor da ambulância não foram divulgados pela PRF. O jovem que morreu era transportado de Amaralina para Anápolis. O motorista foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levado para Uruaçu.

“Não sabemos ainda a causa do acidente, se foi sono, se foi uma ultrapassagem irregular”, disse o inspetor da PRF. A rodovia segue interditada até as 10h15. Como a carga de nitrato de amônia ficou espalhada pela pista, a polícia ainda espera a chegada da empresa dona da carga para fazer a limpeza adequada.

08 novembro 2018

Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco

A partir do próximo sábado, 10, boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco ou correspondente e não apenas na instituição financeira em que foram emitidos. Isso será possível com a conclusão da implementação da Nova Plataforma de Cobrança (NPC), sistema desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com os bancos.

Na última fase do processo, passa a ser obrigatório o cadastramento de títulos referentes a faturas de cartão de crédito e doações no novo sistema. Segundo a Febraban, além da praticidade, a implementação da NPC torna o processo de pagamento via boleto mais seguro, sem risco de fraudes.

Outra mudança diz respeito ao comprovante de pagamento, que será mais completo, apresentando todos os detalhes do boleto, (juros, multa, desconto, etc) e as informações do beneficiário e pagador.

O projeto da Nova Plataforma de Cobrança começou há quatro anos.

Desde 2016 ele vem incorporando na sua base de dados os boletos de pagamentos já dentro das normas exigidas pelo Banco Central, ou seja, com informações do CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) do emissor, data de vencimento e valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador.

A Febraban diz que essas informações são importantes para checar a veracidade dos documentos na hora de se fazer o pagamento. Caso os dados do boleto a ser pago não coincidam com aqueles registrados na base da Nova Plataforma, ele é recusado, pois o boleto pode ser falso.

Para fazer a migração do modelo antigo de processamento para o atual, os bancos optaram por incluir os boletos no novo sistema por etapas, de acordo com o valor a ser pago. Esse processo começou em meados do ano passado para boletos acima de R$ 50 mil (os de menor volume) e termina no dia 10 de novembro, com a incorporação dos boletos de cartão de crédito e doações.

A previsão inicial era que o processo fosse concluído em 22 de setembro. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

Última fase
Com uma participação de cerca de 40% do total de títulos emitidos no país, os boletos de cartões de crédito e doações têm uma característica em comum: o valor a ser pago pelo consumidor pode não ser exatamente o que consta em cada boleto. No caso dos cartões, porque há opções de pagamento, como valor mínimo, duas ou três parcelas. No caso das doações, ele também pode escolher um valor diferente do que está impresso no boleto.

Segundo a Febraban, da mesma forma que nas fases anteriores, se os boletos não estiverem cadastrados na base do novo sistema, os bancos irão recusá-los. Se isso acontecer, o pagador deve procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito ou solicitar o cadastramento do título.

O QUE JÁ ERA INCRÍVEL, VIROU POWER!

A internet na velocidade da luz com um preço que você nunca viu!
Ligue agora e venha para a rede de Fibra Óptica que mais cresce no Seridó!
“Presente em 14 cidades, esse ano completará 14 anos,
lança novos planos para clientes atendidos na rede fibra óptica!
Star Conect, fibra óptica de verdade!”

Após aumentar salários de ministros, Senado aprova corte de 50% na Educação

O Senado cortou pela metade uma das fontes de recursos do Fundo Social do Pré-Sal, destinado a investimentos em saúde e educação. Por meio de um projeto de lei, os senadores destinaram 50% dos recursos vindos da comercialização do petróleo do pré-sal, que iriam integralmente para o Fundo Social, para outro fundo, voltado para expansão de gasodutos e para o fundo de participação de Estados e municípios. A proposta ainda precisa passar pela Câmara.

O Brasduto contará com 20% dos recursos da comercialização do petróleo do pré-sal. Outros 30% serão destinados aos fundos de participação de Estados e Municípios. O fundo dos gasodutos ainda poderá contar com recursos do Orçamento.

O acordo para a votação do texto, que estava em um projeto de lei sobre o pagamento de multas indenizatórias a usuários de energia prejudicados por distribuidoras, teve apoio do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Na quarta-feira, 7, os senadores retiraram da proposta o item que privilegia a seleção e construção de gasodutos que já obtiveram licenciamento ambiental. Agora, o critério de escolha será definido pelo comitê gestor do Brasduto. A rede de novos gasodutos já licenciados ampliaria a rede em 6,7 mil km.

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017

A Agência Brasil destaca de 2012 para 2017, a Região Nordeste perdeu cerca de 1 milhão de trabalhadores rurais. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C): Características Adicionais do Mercado de Trabalho 2012-2017, divulgada hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual de pessoas ocupadas que trabalham em fazenda, sítio, granja ou chácara na região passou de 22,4% para 16,2% no período.

Apesar de ainda ter a maior proporção do país, o Nordeste teve também a maior queda no período. Considerando todo o Brasil, os últimos dados mostram que 11,1% da população ocupada trabalham em áreas rurais, um contingente de 8 milhões de pessoas. Segundo a economista da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE Adriana Beringuy, esse movimento é observado desde 2012 e confirmado em 2017, com o Nordeste registrando a menor taxa da série para trabalhadores em estabelecimentos rurais.

Brasil cai para última posição em ranking sobre prestígio de professor

Percepção de falta de respeito dos alunos, salários insuficientes e uma carreira pouco segura para os jovens. É assim que a maioria da população brasileira enxerga a profissão docente e coloca o País como o que dá menos prestígio aos professores. Esse cenário foi revelado pelo Índice Global de Status de Professores de 2018, divulgado nesta quarta-feira, 7, pela Varkey Foundation, organização voltada para a educação. O levantamento avalia como a população de 35 países enxerga a profissão.

Enquanto há uma tendência global de crescimento no prestígio dado aos professores, o Brasil regrediu nos últimos cinco anos. Em 2013, quando o estudo foi feita pela primeira vez e avaliou 21 nações, o País aparecia na penúltima colocação. Na edição deste ano, com a piora na percepção sobre o respeito dos alunos e com menos pais dispostos a incentivar seus filhos a seguir a profissão, o índice nacional piorou e colocou o País como lanterna do ranking.

Para chegar ao indicador, foram entrevistadas mil pessoas, de 16 a 64 anos, em cada país e mais de 5,5 mil docentes. No Brasil, apenas 9% acreditam que os alunos respeitam seus professores – na China, o líder, 81% veem esse respeito. O dado aparece em consonância com o fato de que só 20% dos pais brasileiros afirmam que encorajariam seus filhos a seguir a carreira – ante 55% dos pais chineses.

Tribunal Superior Eleitoral cassa mandato do prefeito e vice de Alto do Rodrigues

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Rosa Weber decidiu cassar os mandatos do prefeito, Abelardo Rodrigues Filho (DEM) e a vice, Emília Patrícia Batista de Sousa (MDB) com base na lei da Ficha Limpa.

A magistrada entendeu que em 2016, ano da eleição municipal, Abelardo Rodrigues e Emília não poderiam ser candidatos por causa de uma condenação de 2008. Em 2016, o registro de candidatura ficou sub judice, ou seja, aguardando decisão da justiça.

Em seu parecer, Rosa Weber determinou o afastamento do prefeito em exercício e a realização de Eleições suplementares no município de Alto do Rodrigues, em data a ser definida.

90% das cirurgias de amigdalite são desnecessárias, diz estudo

Você provavelmente conhece alguém que já fez cirurgia para retirar as amígdalas. O procedimento é tão comum que gerou até uma polêmica: afinal, é mesmo necessário tirar essa parte do corpo? Um estudo de junho deste ano mostrou que remover as amígdalas na infância pode triplicar o risco de doenças respiratórias como asma, pneumonia e gripe na vida adulta. Agora, uma pesquisa feita na Inglaterra crava uma afirmação ainda mais surpreendente: 9 em cada 10 operações para remover as amígdalas das crianças podem ser desnecessárias.

Antes de tudo, é bom lembrar o que são as tais das amígdalas: órgãos do sistema linfático localizados na garganta, que estão cheios de glóbulos brancos, ou seja, células de defesa. Durante a infância, quando o sistema imunológico da pessoa está em desenvolvimento, as amígdalas são essenciais no combate a agentes nocivos, como vírus e bactérias.

Os especialistas da Universidade de Birmingham alertam que o procedimento de retirada desses órgãos pode fazer mais mal do que bem. O estudo se baseou em um banco de dados que contém registros médicos de todo o Reino Unido, e analisou os dados registrados entre 2005 e 2016 a respeito de pessoas com até 15 anos. No total, foram considerados dados de mais de 1,6 milhão de pacientes. A equipe descobriu que, em poucos desses casos, havia sinais claros e inequívocos de que a operação era necessária.

Segundo os autores do estudo, essas evidências são basicamente duas: uma condição rara chamada PFAPA (que inclui não só inflamação nas amígdalas, mas também febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite cervical) ou um padrão de episódios graves e frequentes de dores na garganta por causa das amígdalas.

Baseados nisso, os cientistas constataram que apenas 11% das crianças apresentavam os sintomas necessários para a cirurgia. O autor do estudo, Tom Marshall, disse que o procedimento é usado em excesso, pois “não há realmente uma base de evidências que diga que eles vão ver um benefício [se retirarem as amígdalas]. Os pacientes correm mais risco de ser prejudicados do que beneficiados”.

No Brasil, a cirurgia de amígdala também é extremamente comum. Segundo Fausto Nakandakari, otorrinolaringologista do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, o procedimento é indicado apenas quando há “amigdalites de repetição”, ou seja, 3 ou mais lesões graves em um período de 3 anos consecutivos; ou em casos de inchaço do órgão — quando ele acaba obstruindo as vias aéreas e causando ronco, apneia do sono ou respiração bucal. O médico afirma que uma cirurgia feita nessas condições é muito benéfica, pois evita que o paciente se submeta a um uso massivo de antibióticos.

Mas é essencial ter certeza que de fato há um problema que justifique a cirurgia — e não sair por aí retirando órgãos desnecessariamente.

De 15 a 17 de novembro Cerro Corá recebe “O Mercado do Agricultor Familiar” Turismo

O Mercado do Agricultor Familiar Funcionará todos os dias no horário das 16 às 22h
TURISMO – COZINHA SHOW

PROGRAMAÇÃO

DIA 15/11 (quinta-feira) – 16h – ABERTURA DO EVENTO

16 h – Abertura Oficial do Evento e Apresentações Culturais
18 h – Exposição dos Boxes com produtos da Agricultura Familiar e Artesanato
22 h – Encerramento

DIA 16/11(sexta-feira) – CICLO DE EXPOSIÇÕES TEMÁTICAS.

14 h – Arranjos Produtivos Locais: APL como instrumento de Desenvolvimento Econômico e Social da Fruticultura da Serra de Santana – SEBRAE/RN
15 h – Compras Governamentais – SEBRAE/RN
16 h – Benefícios Fiscais para o produtor rural – SEBRAE/RN
17 h – Turismo Rural e Geoparques Seridó – UFRN
18 h – Palma Forrageira – EMPARN
19 h – Apresentações Culturais

DIA 17/11(sábado) – CICLO DE EXPOSIÇÕES TEMÁTICAS.

14 h – Arranjos Produtivos Locai: APL como instrumento de Desenvolvimento Econômico e Social da Fruticultura da Serra de Santana – SEBRAE/RN
15 h – Regularização Fundiária Rural e Programa Nacional de Crédito Fundiário: acesso à terra –SEARA/SEAD – PR
16 h – Cultivo do maracujá: aspectos produtivos e sanitários – EMATER/RN
17 h – Cajucultura: aspectos produtivos e controle de pragas – EMPARN
18 h – Criação de Aves Caipira

OBS.: A Cozinha Show exibirá oficinas de pratos regionais no decorrer das Exposições Temáticas.

CONFIRA AS NOVIDADES NA NP CONFECÇÕES E CALÇADOS

Você quer se vestir bem? Não deixe de visitar NP confecções e calçados
tudo em roupas e calçados masculino, feminino, adulto e infantil.
Você também encontrará acessórios como bolsas, relógios como também
perfumes, enxoval para bebê além de artigos de cama , mesa e banho e muito mais.

07 novembro 2018

Menina morre após ser picada duas vezes por escorpião no interior paulista

Mais uma criança morreu vítima de picada de escorpião no interior paulista. Maria Eduarda de Araújo Pigatto, de 10 anos, se preparava para ir à escola em Santa Bárbara d'Oeste na manhã desta quarta-feira, 7, quando, segundo familiares, foi picada no pé. Ao se abaixar ver o que ocorria teria sido atingida de novo pelo bicho, dessa vez na mão.

A família reside no Jardim Europa e levou a criança até o Pronto-Socorro Doutor Edson Mano, na Vila Maria. Segundo a prefeitura, a menina chegou às 6h15 ao local, que não tinha o soro antiescorpiônico. Foi feita a solicitação a um hospital de Americana (SP), mas a criança morreu às 7h45, antes que ele fosse aplicado.

A prefeitura alega ter seguido o protocolo e que "a paciente foi atendida pela equipe médica, com realização de bloqueio e demais procedimentos de emergência".
Outros casos

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, somente no primeiro semestre desta ano, foram registrados 11,5 mil casos de ataques de escorpião no Estado. Além de Maria Eduarda, de Santa Bárbara d'Oeste, houve registros de óbitos de crianças em cidades como Sumaré (SP), Barra Bonita (SP), Miguelópolis (SP), Araçatuba (SP) e Bauru (SP).

Senado aprova aumento de 16% para ministros do STF e PGR; salários passarão a R$ 39,2 mil

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (7), por 41 votos a 16, projeto que aumenta em 16% os salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A proposta segue agora para a sanção do presidente Michel Temer. Com o reajuste, os subsídios dos magistrados passarão de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. O aumento passará a valer a partir da sanção presidencial. É prerrogativa do presidente da República vetar a proposta, se assim desejar.

Os senadores também aprovaram um segundo projeto que também reajusta em 16% o salário do procurador-geral da República – os vencimentos também passarão para R$ 39,2 mil. O aumento nos salários dos ministros gera um efeito-cascata nas contas, porque representa o teto do funcionalismo público. Caso o limite seja alargado, aumenta também o número de servidores que poderão receber um valor maior de gratificações e verbas extras que hoje ultrapassam o teto.

A proposta de reajuste foi encaminhada ao Congresso em 2015 pelo então presidente do STF, Ricardo Lewandowski. Um ano depois, a Câmara aprovou o reajuste, mas o aumento ainda não havia sido analisado pelos senadores. O texto estava parado desde 2016 no Senado e foi incluído na pauta da Casa nesta terça-feira (6).

Segundo cálculos de consultorias da Câmara e do Senado, o reajuste poderá causar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas, considerando o Executivo, Legislativo, Ministério Público e também os estados da federação. Nesta quarta, o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que este não era o “momento” de se ampliar despesas. Ele também declarou ver o aumento de gastos “com preocupação”.

Reforma do sítio de Atibaia era para ‘pessoa física de Lula’, diz Marcelo Odebrecht

Em interrogatório nesta quarta-feira, 7, o empresário Marcelo Odebrecht, delator da Operação Lava Jato, afirmou que as reformas do sítio de Atibaia, no interior de São Paulo, estavam ligadas à ‘pessoa física’ do ex-presidente Lula. O petista é réu em ação penal por corrupção e lavagem de dinheiro, por supostamente ter recebido propinas da Odebrecht e da OAS em reformas e melhorias da propriedade rural. Ele será interrogado no dia 14. O empreiteiro também é réu neste processo.

À juíza federal Gabriela Hardt, sucessora de Sérgio Moro nos processos da Lava Jato, o empreiteiro contou que soube do sítio de Atibaia quando ‘a obra já estava em andamento’, em 2010. Odebrecht citou o ex-executivo do Grupo Alexandrino Alencar e seu pai Emílio Odebrecht.

“Deve ter sido lá para final de dezembro, em algum momento eu soube não sei se por Alexandrino, pelo meu próprio pai ou por alguém que eu me encontrei. Em algum momento eu soube, no início, eu, inclusive, reagi, fui contra por duas razões específicas. Eu até reclamei porque primeiro eu achava que eu achava que era uma exposição desnecessária, porque seria até então, fora a questão que eu já sabia que havia, que eu também tinha me posicionando contra, mas que era uma coisa bem antiga, que era o assunto do irmão, o apoio ao irmão, mas pelo que eu soube era uma coisa bem antiga e que foi renovado, chegou um momento eu acho que acabou, fora essa questão, seria a primeira vez que a gente estaria fazendo uma coisa pessoal para o presidente Lula”, disse.

Controlador sugere a Fátima Bezerra a demissão de 13 mil servidores

De acordo com o atual Controlador Geral do Estado, Alexandre Santos, é preciso demitir 13 mil servidores para começar a recuperar as Finanças do Governo. Ele aconselha a governadora eleita Fátima Bezerra (PT) a fazer o que Robinson Faria (PSD) não teve pulso e coragem.

INÉDITO: Prefeita de Cerro Corá é afastada pela 4ª vez do cargo

O Juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, titular da 1ª Vara da Comarca de Currais Novos, entra para a história do judiciário potiguar por ter afastado, em menos de 2 anos de mandato, a Prefeita de Cerro Cora, Maria das Graças Oliveira (PSD), por 4 vezes seguidas.

Em sua decisão, o juiz destaca uma série de irregularidades cometidas pela prefeita, que vão desde a contratação irregular de sua assessoria jurídica, passando pela montagem de processo para compra de combustível em um posto que nega ter vendido, passando ainda pelo favorecimento pessoal de doadores de sua campanha.

Nos últimos tempos, tem sido comum o afastamento de gestores ímprobos, chamando atenção neste caso a quantidade de afastamento seguidos em desfavor da Prefeita, que estava em seu primeiro mandado no executivo do município.

Líder ruralista, Tereza Cristina será ministra da Agricultura

Deputada federal e presidente da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA), Tereza Cristina (DEM-MS) será a nova ministra da Agricultura. O nome foi confirmado, nesta quarta-feira (7/11), após reunião de representantes da entidade com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). A informação foi anunciada pelo vice-presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), e confirmada por Bolsonaro no Twitter.

Tereza Cristina é, assim, a primeira mulher anunciada para o primeiro escalão do futuro governo. É o segundo nome do DEM confirmado na gestão de Bolsonaro. O primeiro é o de Onyx Lorenzoni, anunciado ministro da Casa Civil. A reunião ocorreu na sede do gabinete de transição, no Centro Cultural Banco do Brasil. Cerca de uma dezena de deputados foram ao encontro do futuro presidente. Entre os participantes da reunião, estava o deputado Osmar Serraglio (MDB-PR), ex-ministro da Justiça do governo do presidente Michel Temer.

A bancada ruralista é uma das maiores e mais influentes no meio parlamentar. Na atual legislatura, tem cerca de 200 deputados e um terço do Senado Federal. O Ministério da Agricultura chegou a ser uma das pastas que Bolsonaro planejava alterações. O presidente eleito cogitou fundir a pasta com a do Meio Ambiente. Após críticas à proposta, inclusive de representantes do agronegócio, Bolsonaro recuou e manteve os órgãos separados.

Pela manhã, após almoço no Superior Tribunal de Justiça (STJ), Bolsonaro informou a extinção do Ministério do Trabalho. Segundo o próximo presidente, a ideia é juntar as atribuições da pasta com outro órgão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...