Páginas

16 janeiro 2021

Boletim Epidemiológico de Tenente Laurentino Cruz

 

HIPOCRISIA: Ex-prefeita se nega assinar um convênio, depois resolve assinar e fazer mídia com a situação

A ex-prefeita de Tenente Laurentino, Sueleide de Severo, que teve uma gestão apagada e desmantelada foi procurada para assinar um convenio que destina o montando de R$ 384.205,000 para a pavimentação da Rua Severino Batista, já que foi de 2020, porém para a surpresa da portadora que foi colher a assinatura, a ex-prefeita disse “NÃO”.

Então, quando a atual gestão estava redigindo um oficio convocando a Sueleide de Severo para assinar os documentos, chegou à informação que a tal teria resolvido assinar, ou seja, estava sem saída.

Por Edson Dantas

Prefeito Inácio Macêdo, solicita ao DER/RN a urgente operação tapa-buracos no trecho da RN 087 que liga Tenente Laurentino Cruz à Florânia


O prefeito de Tenente Laurentino Cruz, Inácio Macêdo e o vice-prefeito Rafael de Joarimar estiveram na capital do Estado, com o Engenheiro Sr. Wellington Sena do Departamento de Estradas e Rodagem do RN - DER. Na oportunidade os mesmos solicitaram ao referido órgão a urgente operação tapa buracos na RN 087, estrada que liga o município de Tenente Laurentino Cruz à Florânia. 

Esse serviço é importante e urgente, tendo em vista os perigos e transtornos que a estrada sem manutenção, e com vários buracos, oferecem aos que nela transitam. 

A Prefeitura fez a manutenção paleativa nas partes onde e calçamento de paralelepípedo que estavam soltos, o que poderia  provocar acidentes, inclusive com vítimas fatais, os quais já ocorreram em outros momentos. 

Devido ser uma serra sem sinalização e com trechos perigosos, que necessitam de atenção. E para que a estrada fique 100% transitável, pedimos ao Governo do Estado que veja com rapidez a manutenção na parte asfáltica.

Prefeito de Tenente Laurentino Cruz, Inácio Macêdo, participa da eleição na Femurn


O prefeito de Tenente Laurentino Cruz, Inácio Macêdo, esteve na capital do estado nesta sexta-feira (15), participando da eleição na Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), ele, e mais 163 prefeitos do estado que estão aptos, participaram da homologação da nova diretoria e do conselho fiscal, que estarão à frente no biênio 2021-2022.

CHAPA INSCRITA – DIRETORIA E CONSELHO FISCAL FEMURN (BIÊNIO 2021-2022)

Presidente: Anteomar Pereira da Silva (“Babá”) – Prefeito de São Tomé

1º Vice-Presidente: Júlio César Soares Câmara – Prefeito de Ceará-Mirim

2º Vice-Presidente: Luciano Silva Santos – Prefeito de Lagoa Nova

3º Vice-Presidente: Valdenício José da Costa – Prefeito de Tibau do Sul

4ª Vice-Presidente: Marina Dias Marinho – Prefeita de Jandaíra

5º Vice-Presidente: Kerles Jácome Sarmento – Prefeito de Marcelino Vieira

1º Secretário: Ivanildo Ferreira Lima Silva – Prefeito de Santa Cruz

2º Secretário: Jéssica Lourine de Assis Amorim – Prefeita de Almino Afonso

1º Tesoureiro: Clécio da Câmara Azevedo – Prefeito de Bom Jesus

2º Tesoureiro: José Renato Teixeira de Souza – Prefeito de São Miguel do Gostoso

CONSELHO FISCAL:

Sérgio Fernandes de Medeiros – Prefeito de Serra Negra do Norte

Francisca Shirley Ferreira Targino – Prefeita de Messias Targino

Conceição de Maria Gomes Lisboa Rocha – Prefeita de Caiçara do Rio do Vento

Manoel dos Santos Bernardo – Prefeito de João Câmara

Osivan Sávio Nascimento Queiroz – Prefeito de Lagoa Salgada

Sonyara de Souza Ribeiro Ferreira – Prefeita de Lagoa de Velhos

Governo acena com isenção de IR para quem ganha até R$ 3 mil


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que pretende elevar a isenção do Imposto de Renda para todos que ganhem até 3 mil reais por mês no próximo ano, após reiterar que não foi possível mexer na tabela do IR em 2020 devido aos impactos econômicos da pandemia de Covid-19. Bolsonaro disse que gostaria de encerrar o mandato com isenção de IR para todos que ganham até 5 mil reais mensais, mas reconheceu que não será possível.

Bolsonaro zera imposto para importação de cilindros de oxigênio


A Camex (Câmara de Comércio Exterior) aprovou nesta sexta-feira (15) a redução temporária a zero do imposto de importação para 258 produtos para combater a pandemia do novo coronavírus. A medida contempla monitores de sinais vitais, sensores de oxigênio, tanques (cilindros) para armazenamento de gases medicinais e outros diversos insumos médicos.

Na reunião, o Comitê Executivo de Gestão também suspendeu o direito venda dos itens para o exterior a preços extraordinariamente abaixo de seu valor de mercado, popularmente conhecida como antidumping, que que incidia sobre tubos de plástico para coleta de sangue a vácuo.

As determinações passam a valer amanhã (16), após publicação no Diário Oficial da União, e devem valer até 30 de junho de 2021. Com as medidas, a lista de reduções tarifárias contempla um total de 561 produtos.

As reduções surgem em meio à evolução da pandemia no Estado do Amazonas e a falta de oxigênio para atender pacientes em tratamento contra a covid-19 no Estado. Relatos médicos apontam que a situação levou pacientes internados à morte por asfixia, o que motivou o governo federal a encaminhar pacientes para outros Estados. A estimativa é de que sejam realizadas 750 transferências.

Uma força-tarefa do governo do Amazonas e do Ministério da Saúde tanta mobilizar 48.300m³ diários de oxigênio em Fortaleza e São Paulo para atender a demanda de 76.500 metros cúbicos (m³) necessária diariamente. A falta de insumos e leitos também teriam motivado o fechamento de hospitais, que precisaram de apoio da PM para evitar invasões. De acordo com o governo do Amazonas, o Estado vive a fase mais crítica desde o início da pandemia.

13 janeiro 2021

Documentos serão exigidos para vacina contra a Covid-19, saiba quais


O objetivo do Ministério da Saúde é iniciar a vacinação contra a Covid-19 no Brasil entre 20 de janeiro e o início de março – no melhor dos cenários, a imunização começa ainda neste mês. Até lá, cidadãos e cidadãs brasileiros podem, além de manter os cuidados sanitários durante a pandemia, garantir que seus documentos estejam em dia para evitar qualquer surpresa desagradável no dia da vacinação. 

Confira abaixo as principais dúvidas sobre o dia da vacinação contra a Covid-19 no Brasil: Quais documentos serão necessários para vacinar? A rigor, nenhum brasileiro deixará de receber a vacina, mesmo que não apresente qualquer documento no quando for receber a dose, segundo o plano de vacinação apresentado pelo Ministério da Saúde No entanto, para que a pasta possa controlar a aplicação das doses em todos os brasileiros e brasileiras, é necessário apresentar ou o número do CPF ou o Cartão Nacional de Saúde (CNS), conhecido como Cartão SUS.

O Cartão SUS é um documento que permite que todo o histórico de um paciente na rede pública de saúde seja unificado. E quem não tem Cartão SUS? Para emitir um Cartão SUS, basta ir até a unidade de saúde mais próxima de você ou à secretaria de saúde municipal. É preciso ter mãos RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento e, caso tenha, número PIS/PASEP. Em algumas cidades, também é necessário apresentar comprovante de residência.

O cartão fica pronto na hora. E se eu perdi meu Cartão SUS? É possível emitir uma segunda via em qualquer unidade de saúde. São necessários os mesmos documentos exigidos para a emissão da primeira via. Também é possível emitir a segunda via através do sistema SUS Online. Basta seguir o seguinte caminho:

1. Acessar o portal ou o aplicativo Conecte SUS;

2. Caso já não tenha conta, crie uma e faça login

3. O número do seu Cartão SUS será exibido à frente das letras “CNS”, sigla para Carteira Nacional de Saúde. Como o posto de vacinação vai saber que tomei a mesma vacina na 1ª e na 2ª doses? Segundo o Plano de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19, divulgado pelo Ministério da Saúde, todos os dados de todos os brasileiros e brasileiras vacinados serão inseridos Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

A plataforma vai registrar informações como o local onde cada um foi vacinado, o número de CPF ou do Cartão SUS, a data de nascimento, data da vacinação, nome da vacina e do fabricante, assim como tipo de dose, número de lote e validade do imunizante. E se eu não conseguir um cartão SUS e não estiver cadastrado em nenhuma base de dados? Não precisa se preocupar. Segundo o Ministério da Saúde, a ausência do seu nome nas bases de dados não vai te impedir de receber a vacina. Basta comprovar que você pertence ao grupo prioritário correspondente à data da vacinação.

RN retoma aulas presenciais na rede estadual, em formato híbrido, a partir de 1º de fevereiro


As aulas presenciais da rede estadual de ensino no Rio Grande do Norte estão marcadas para o seu retorno em 1º de fevereiro, no formato híbrido, com parte dos alunos em aulas presenciais e outra parte em ensino remoto. Dessa forma, as escolas vão definir, diariamente, quantos alunos poderão ficar em sala de aula. As carteiras não poderão ter distanciamento menor do que um metro e meio.

Para adaptar as 600 escolas da rede pública do estado às regras sanitárias de prevenção à covid-19 foram investidos R$ 12 milhões, sendo R$ 4 milhões do governo federal e outros R$ 8 milhões de recursos próprios do Governo do Estado. A rede estadual de ensino tem um total de 217 mil estudantes. As aulas estavam suspensas na rede pública de ensino do estado desde março de 2020. Vale ainda destacar que as aulas na rede privada de ensino foram liberadas em outubro de 2020.

Mesmo com pandemia e inúmeras restrições, RN registrou 1.499 assassinatos em 2020, sendo 44 a mais que o ano anterior


Mesmo com um ano de pandemia e restrições para a população, o Rio Grande do Norte registrou um crescimento de 3% em relação ao número de assassinatos em 2020, quando comparado com o ano anterior. Foram registrados 1.499 assassinatos, 44 mortes a mais que 2019, quando 1.455 Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs) foram contabilizadas pelo Estado.

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (13) pela Secretaria de Segurança Pública e da Defesa do Social (Sesed). No comunicado distribuído à imprensa, a pasta optou pela comparação entre os dois primeiros anos da gestão atual e a gestão anterior.

10 janeiro 2021

Novos prefeitos precisam se cadastrar no FNDE. Saiba como

Novos prefeitos precisam se cadastrar no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A medida é necessária para que possam receber assistência técnica e financeira do governo federal, para aplicar na Educação do município. Não há um prazo para fazer o procedimento, mas é importante que seja realizado o quanto antes, pois somente assim os novos gestores terão acesso a sistemas importantes do Ministério da Educação.

No caso de novos prefeitos, é preciso preencher digitalmente o Anexo I da Resolução CD/FNDE n° 9/2015, e enviar em formato PDF ao FNDE. Também é preciso encaminhar cópia do CPF, RG e Ata de Posse. Toda a documentação deve ser enviada pelo PAR Fale Conosco. Já para os prefeitos reeleitos, basta atualizar o cadastro, caso haja alguma alteração nos dados, e enviar a nova Ata de Posse.

SUS terá exclusividade sobre a CoronaVac, afirma Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde reafirmou, neste sábado(9), em nota, que todas as doses da vacinas contra o novo coronavírus que o Instituto Butantan produzir ou importar serão adquiridas pelo governo federal e distribuídas exclusivamente no Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a pasta, técnicos ministeriais e representantes do laboratório paulista reuniram-se ontem (8) para discutir a incorporação da CoronaVac ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19.

Ao fim do encontro, ficou acertado que o governo federal terá o direito de exclusividade de compra de todo imunizante que o Butantan produzir ou importar. Além disso, caberá ao ministério disponibilizar a CoronaVac para os 26 estados brasileiros, mais o Distrito Federal, simultaneamente e proporcionalmente ao tamanho da população de cada unidade federativa.

04 janeiro 2021

Pelo menos 15 estados, incluindo o RN, têm previsão de retomada presencial das aulas em 2021


Após um 2020 marcado por escolas fechadas por mais de sete meses e por incertezas sobre a volta para a sala de aula, o ano de 2021 deve começar com maior definição sobre o retorno dos alunos para o ambiente escolar.

Pelo menos 15 redes públicas estaduais —entre elas as de São Paulo, Paraná e Goiás— já têm previsão de retomada das atividades presenciais para este ano, que em geral deve acontecer entre os meses de janeiro e março. Entre elas, apenas as do Amapá e do Pará ainda não definiram uma data para o retorno, apesar de manterem a previsão de retomada presencial das aulas para 2021.

Devido à pandemia do coronavírus, a volta deve acontecer em formato híbrido (quando há uma mescla entre atividades a distância e presenciais), dando prioridade a estudantes de determinadas séries ou conforme um esquema de rodízio entre os alunos, a depender de cada estado.

Outros quatro estados e o Distrito Federal já têm data marcada para a volta do ano letivo, mas ainda avaliam se a retomada será totalmente remota ou em formato híbrido. Por outro lado, pelo menos cinco estados ainda não têm previsão de volta das aulas presenciais para o próximo ano.


Ex-prefeita Graça Oliveira deixa R$ 3,366.337,52 milhões em caixa para prefeito “Novinho”


Ex-prefeita de Cerro Corá, Graça Oliveira, emitiu nota agradecendo ao povo pela oportunidade de ter administrado o município por quatro anos. Graça Oliveira informou que deixou em caixa para o prefeito Raimundo Marcelino Borges (PSDB) que a sucedeu no cargo, o montante de R$ 3.366.337,52.

“Preciso falar que foram quatro anos de muitos desafios: enfrentamos séria crise financeira, recessão econômica no país inteiro e, por último, a maior crise sanitária dos últimos anos”, disse a ex-prefeita.

TEN. LAURENTINO: Depois de empossado prefeito Inácio Macedo anunciou seus secretários


Jânio Batista Figueiredo
- Secretário de Administração, Informática e Recursos Humanos;

Maurício de Souza - Secretário de Planejamento, Finanças, Tributação e Controle Orçamentário;

Francisca Vanuza da Costa - Controladora Geral do Município;

Rosberg Gomes de Araújo - Procurador Geral do Município;

Maria Gilvaneide Pires de Souza -Secretária de Saúde;

Maria Verônica de Oliveira Souza - Secretária de Educação e Cultura;

Maria Aparecida Ferreira dos Santos - Secretária de Ação Social e Desenvolvimento Comunitário;

Jailson José de Santana - Secretário de Agropecuária, Meio Ambiente, Abastecimento e Recursos Hídricos;

Francisco Walklésio Pereira Baracho - Secretário de Esporte, Lazer e Juventude;

Jerônimo Silva Macedo - Secretário de Obras, Habitação e Serviços Urbanos;

José Gedson dos Santos Soares - Secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico.

Bolsonaro aposta em prorrogação do auxílio emergencial por mais seis meses

O presidente Jair Bolsonaro já considera fato consumado a prorrogação do auxílio emergencial por seis meses, contrariando recomendações da área econômica do governo. Bolsonaro deixou claro em conversas ao telefone, nos últimos dias, que gosta da ideia. Ele sabe que o repique do covid-19 deixou o fim da pandemia ainda mais distante e que o governo terá de ajudar os brasileiros que precisam desse suporte financeiro. Para o presidente, o Congresso vai aprovar a prorrogação já em fevereiro. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O presidente gosta da ideia de prorrogar o auxílio emergencial porque sabe que sua popularidade será “turbinada” novamente.

Ele não está preocupado com a “paternidade” da prorrogação do auxílio. O povo sempre será grato a quem paga o benefício, isto é, o governo. Para o especialista Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisas, a prorrogação do auxílio será determinante na reeleição de Bolsonaro. Bolsonaro terminou o ano pandêmico de 2020 com a popularidade maior que a de 2019, e isso tem a ver com o auxílio pago aos mais pobres.

27 dezembro 2020

Conta de luz ficará mais barata em janeiro, com bandeira amarela substituindo a vermelha


As contas de luz ficarão mais baratas em janeiro de 2021. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta quarta-feira, 23, que acionará bandeira amarela no próximo mês, com custo adicional de R$ 1,343 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Os consumidores vão continuar pagando um adicional, mas o valor será inferior ao vigente em dezembro. Neste mês foi acionada bandeira vermelha 2, patamar mais alto do sistema, com cobrança de R$ 6,243 a cada 100 kWh.

Segundo a agência reguladora, a previsão de chuvas para o mês que vem sinaliza elevação no nível dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN), o que possibilita o aumento na produção de energia nas usinas hidrelétricas.

A agência, no entanto, reforça ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia. As bandeiras tarifárias foram criadas em 2015 para sinalizar ao consumidor o custo da geração de energia elétrica no País. Na prática, as cores e modalidades – verde, amarela ou vermelha- indicam se haverá ou não cobrança extra nas contas de luz.

Neste ano, o sistema voltou a vigorar em 1º de dezembro. O mecanismo havia sido suspenso em maio por conta da pandemia do novo coronavírus, mas as condições atuais de geração não permitiram manter as contas sem cobrança adicional.

No sistema atual, na cor verde, não há cobrança de taxa extra, indicando condições favoráveis de geração de energia no País. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos. Já a bandeira vermelha pode ser acionada em dois níveis, dependendo da quantidade de termelétricas acionadas. No primeiro nível, o adicional é de R$ 4,169 a cada 100 kWh. No segundo nível, a cobrança extra é de R$ 6,243 a cada 100 kWh.

Concurso PRF é autorizado pelo Ministério da Economia


A espera acabou. Após meses aguardando a autorização oficial do próximo concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF), saiu no Diário Oficial da União (DOU), desta quinta-feira (24/12), que o Ministério da Economia autorizou a seleção. O quantitativo veio menos do que o esperado, serão abertas 1.500 vagas para policiais – cogitava-se 2 mil.

O edital do concurso da PRF, e também da Polícia Federal (PF), vem sendo especulado ao longo de todo o ano, com declarações de integrantes da própria corporação e do presidente Bolsonaro, o que aumentou ainda mais o clima de ansiedade entre os concurseiros do país.

Recentemente, o diretor executivo da corporação, José Hott, informou que o edital deve cumprir um cronograma que torne possível a realização de todas as fases da primeira etapa do concurso no primeiro semestre de 2021 e logo em sequência, no segundo semestre, seja realizado o curso de formação.

Regras para o novo Fundeb são sancionadas sem veto


O presidente Jair Bolsonaro sancionou nessa sexta-feira (25), sem vetos, a lei que regulamenta o novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A nova lei estabelece regras para o principal mecanismo de financiamento da educação básica do país, com o objetivo de reduzir desigualdades e de garantir um valor mínimo por aluno a ser investido em cada cidade do país, em escolas de ensino infantil, fundamental e médio, e na educação de jovens e adultos.

A lei define as regras para a execução das medidas previstas na emenda constitucional aprovada pelo Congresso em agosto que tornou permanente o fundo, cuja validade expiraria em 31 de dezembro. O texto prevê o aumento gradual da participação da União no Fundeb, hoje de 10%, de forma a chegar a 23% a partir de 2026, e traz pontos específicos sobre a divisão dos recursos.

23 dezembro 2020

Servidores públicos do RN terão ponto facultativo nos dias 24 e 31 de dezembro


O Governo do Rio Grande do Norte decretou ponto facultativo para o funcionalismo estadual nos dias 24 e 31 de dezembro de 2020, que antecedem os feriados do Natal e da Confraternização Universal. O calendário é válido para todos os órgãos e entidades da Administração Pública estadual direta, autárquica e fundacional.

Nestes dias apenas os serviços essenciais, como os da área de Saúde e Segurança Pública, devem se manter funcionando nas repartições sem alterações na escala de trabalho. A medida está publicada no Decreto nº 29.440, de 31 de dezembro de 2019, o qual divulgou todas as datas de feriado e determinou os dias de ponto facultativo para o ano de 2020.

Ministério do Desenvolvimento Regional conclui 6,2 mil obras em 2020 e entrega 410 mil moradias em todo o País


O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e suas instituições vinculadas concluíram, em 2020, 6,2 mil obras de pequeno, médio e grande portes nas áreas de habitação, saneamento, mobilidade, desenvolvimento regional e urbano, segurança hídrica e proteção e defesa civil. Foram, em média, 17 obras entregues por dia, o que reforça o compromisso do Governo Federal em reduzir as desigualdades regionais e melhorar a qualidade de vida do povo brasileiro.

Também em 2020, o MDR entregou 410 mil moradias, das quais 61 mil foram para famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil. Com isso, mais de 1,6 milhão de pessoas passaram a ter acesso à casa própria e agora vivem com mais dignidade.

As ações realizadas pelo Ministério contribuíram para a manutenção e a geração de 4 milhões de empregos diretos, indiretos e induzidos, em um período em que todos os países sofreram com severos efeitos econômicos e sociais causados pela pandemia mundial da covid-19.

Seridó ultrapassa o Oeste em taxa de ocupação por Covid-19


A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 62,8%, registrada no fim da manhã desta terça-feira (22). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 278. Até o momento desta publicação são 84 leitos críticos (UTI) disponíveis e 142 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 113 disponíveis e 136 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região Oeste apresenta 62% dos leitos críticos ocupados, seguido da Região Metropolitana de Natal (62,5%) e a região Seridó (65,7%). Pela primeira vez a Região do Seridó fica na frente da região Oeste.

Deputados aprovam projeto que dá prioridade a diabéticos e mais 13 matérias


Na sessão plenária da última quinta-feira (17), os deputados estaduais aprovaram à unanimidade Projeto de Lei (PL) de iniciativa do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) que assegura tratamento prioritário aos portadores de diabetes e mais 13 matérias de iniciativa parlamentar. De acordo com o Projeto de Lei, os pacientes com diabetes deverão ter atendimento prioritário em toda a rede de saúde pública ou privada no Rio Grande do Norte.

O deputado Coronel Azevedo (PSC) teve aprovados os seguintes projetos: o que institui o Dia Estadual do Oficial de Reserva do Exército Brasileiro, a ser comemorado no dia 4 de novembro; o que institui no dia 12 de maio o Dia Estadual do Profissional de Enfermagem e o que também institui o Dia Estadual do Agente de Proteção à criança e ao adolescente.

Alerta! Pesquisadores da UFRN alertam para risco de contágio da covid-19 nas festas de fim de ano


Com a chegada das festas do fim de um ano marcado pela pandemia de covid-19, reunir familiares para as tradicionais ceias natalinas e de réveillon, segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), pode ser uma atividade perigosa. A avaliação se dá, sobretudo, pelo novo perfil de infectados identificado, que hoje é quatro anos mais jovem do que o apresentado em julho de 2020.

Segundo os dados da PNAD Contínua do terceiro trimestre de 2020, em cerca de 147 mil domicílios potiguares (12,2% do total), há idosos residindo com jovens de 18 a 35 anos. Isso aumenta o risco de contaminação, especialmente pelo fato de que, segundo relatórios da Secretaria Estadual de Saúde do RN (Sesap/RN), a população jovem corresponde a quase a metade de casos de covid-19 atualmente (46,5%).

“Festas familiares são um evento catalisador de novas infecções, especialmente quando se reúnem familiares que não tem um convívio diário ou habitual”, enfatizam os pesquisadores em relatório. Segundo o pesquisador e professor César Rennó Costa, do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), o mesmo padrão de evolução da doença no Brasil foi observado em outros lugares do mundo, ocasionado, especialmente, por festas e eventos públicos.

“Na Flórida, nos Estados Unidos, houve um crescimento acentuado de casos depois das festas de Spring Break – algo como um Carnaval em abril –, mas sem que houvesse um paralelo imediato na curva de óbitos. Porém, no mês seguinte, houve uma mudança no perfil dos infectados, tendendo para os mais velhos e logo se observou um aumento nas taxas de hospitalização e de óbitos”, comenta o professor.

Praça Monsenhor Paulo Herôncio em Currais Novos será inaugurada com cerimônia virtual dia 3 de janeiro


Segue em avançado processo de finalização a obra de ampliação e construção da Praça Monsenhor Paulo Herôncio, em Currais Novos. A previsão de inauguração é no dia 3 de janeiro, quando serão celebrados os 120 anos de nascimento do sacerdote que foi vigário de Currais Novos e deixou marcas importantes em todos os setores da sociedade. A programação está sendo montada e terá transmissão da TV Cristo Rei e redes sociais.

A reforma da praça é financiada pelo empresário Sérgio Dantas, que é admirador da história do Monsenhor Paulo Herôncio. O projeto é inspirado nos elementos da igreja, como a hóstia consagrada e o ostensório, além do barrete – tipo de chapéu que Monsenhor Paulo usava nas caminhadas. A praça que fica em frente ao Abrigo de Idosos tem uma Capela Mariana aberta, além do busto e uma estátua do religioso que já estão instalados.

“Já tivemos algumas reuniões e a programação para a entrega oficial da Praça Monsenhor Paulo Herôncio está praticamente fechada. Teremos todo cuidado com relação à pandemia do novo coronavírus. Desta forma acontecerá uma missa, com a presença do Bispo Dom Antônio Carlos e nossos padres, além da cerimônia de inauguração que será virtual”, contou Sérgio Dantas.

A reforma da Praça Monsenhor Paulo Herôncio é fruto de uma parceria entre o empresário Sérgio Dantas e a prefeitura Municipal. Para que o projeto fosse executado foi celebrado um Termo de Permissão entre as partes. O serviço é financiado pelo empresário, mas conta com o apoio logístico da prefeitura numa Parceria Público-Privada (PPP).

FNDE abre pregão eletrônico para aquisição de veículos de transporte escolar em 2021


O Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) abriu o processo licitatório para aquisição de veículos de transporte escolar em 2021. O pregão ocorre no âmbito do programa Caminho da Escola e será realizado de forma online, através do gov.br/compras/pt-br. A abertura das propostas está prevista para o dia 7 de janeiro.

Segundo o Ministério da Educação, existem três formas para estados e municípios adquirirem veículos do Caminho da Escola: por meio de assistência financeira do FNDE, no âmbito do Plano de Ações Articuladas (PAR), conforme disponibilidade orçamentária consignada na Lei Orçamentária Anual; com recursos próprios; ou por meio de linha de crédito a ser disponibilizada por agente financeiro.

O programa Caminho da Escola foi criado em 2007 com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, dar mais segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e diminuir a evasão escolar.

Rio Grande do Norte encerra 2020 com 25 grandes usinas solares


O Rio Grande do Norte fecha o ano de 2020 com 25 grandes usinas solares fotovoltaicas contratadas, que somadas terão 943MW de potência instalada, o que representa um aumento de 257% em número de empreendimentos e 210% de potência contratada em relação ao ano de 2019.

“Os empregos gerados durante as fases de instalação e operação irão movimentar a economia local e proporcionarão o aumento da arrecadação municipal através do ISS e outras contribuições, geradas principalmente durante a fase de instalação do empreendimento”, afirma o secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado (Sedec), Jaime Calado.

Somente em 2020, o Estado conseguiu captar mais de R$ 2.043 bilhões em investimentos no setor solar, que serão implementados nos próximos 3 anos com geração de emprego e renda à população potiguar. Os projetos serão instalados nos municípios de Assu, Jandaíra, Lagoa Nova, Lajes, Pedro Avelino, Serra do Mel e Touros. Parte da mão de obra contratada será da própria região onde serão instalados os projetos.

De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Energético da SEDEC Hugo Fonseca, “a implantação desses novos projetos possibilitará o fortalecimento da cadeia produtiva da energia solar em nosso estado, aumentando a diversificação da matriz elétrica e abrindo novos caminhos para o desenvolvimento de projetos híbridos envolvendo fontes renováveis como eólica e solar”.

21 dezembro 2020

Edital do FIES para o primeiro semestre de 2021 já está disponível


Já está disponível para consulta o Edital do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) para o primeiro semestre de 2021. Para os seis primeiros meses do ano que vem, o Fies não contará com as notas do Enem de 2020. Desta forma, podem participar os candidatos que obtiveram média mínima de 450 pontos e nota acima de zero na redação dos exames de 2010 a 2019.

Segundo o Ministério da Educação, as inscrições vão de 26 a 29 de janeiro. Já os resultados estarão disponíveis a partir do dia 2 de fevereiro de 2021. O candidato que não for convocado na chamada única regular já estará automaticamente na lista de espera. A complementação da inscrição dos pré-selecionados ocorrerá em chamada única, de 3 a 5 de fevereiro, e a convocação por meio da lista de espera de 3 a 18 de março de 2021.

A pessoa interessada deverá realizar o cadastro, exclusivamente, pela internet, por meio do sistema de seleção do Fies. Ao efetuar o cadastro, o candidato poderá escolher até três opções de cursos, instituições e turno por ordem de preferência.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...