Páginas

31 agosto 2019

Outras prefeituras podem ter o mesmo destino de Bento Fernandes

O município de Bento Fernandes, distante cerca de 90 quilômetros de Natal, quebrou! sim, faliu, assim como qualquer empresa. A justificativa do prefeito Júnior Marques são as dívidas deixadas pela gestão anterior que resultaram no bloqueio das contas públicas.

Bento Fernandes não é unanimidade. Tem muito prefeito reclamando com pires na mão aqui no RN sobre escassez de dinheiro nos cofres das prefeituras. As contas estão sendo feitas na ponta do lápis e os gastos reduzidos.

Em Bento Fernandes o problema afeta diretamente os serviços básicos e o pagamento do funcionalismo. Limpeza pública, esgotamento sanitário, segurança e educação prejudicados.

Salve-se quem puder!

MPRN recomenda que a PM intensifique fiscalização de motos no interior do estado

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) expediu recomendação para que a Polícia Militar intensifique a operações de fiscalização de trânsito e de repressão à criminalidade nas cidades de Assú, Carnaubais, São Rafael e Porto do Mangue.

A medida decorre em razão do estadual “Moto Legal”, em que delimita que motocicletas somente sejam apreendidas em fiscalizações policiais nos casos de receptação e roubo, ignorando eventuais infrações administrativas e normas contidas no Código de Trânsito Brasileiro.

De acordo com a recomendação, assinada pelo promotor Alexandre Gonçalves, da cidade de Assú, a Polícia Militar deve comunicar ao Ministério Público toda tentativa de interferência de qualquer natureza, inclusive política, sem amparo legal, para a diminuição quantitativa ou qualitativa da atividade fiscalizatória da Polícia Rodoviária Estadual.

CAOS: No RN, viaturas são recolhidas porque governo não paga aluguel

Por Carlos Santos - Dezenas de viaturas das polícias Militar e Civil estão retidas por falta de pagamento do Governo do Estado à empresa prestadora do serviço. Os veículos são levados para revisão, mas o serviço não é feito, nem o carro devolvido, devido às dívidas do governo.

São viaturas da Rocam, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Civil dentre outros, que são usados no policiamento de cidades como Mossoró, Areia Branca e Serra do Mel.

Economistas se surpreendem com , mas mantêm cautela

O Produto Interno Bruto de R$ 1,78 trilhão nos meses de abril, maio e junho deste ano surpreendeu os economistas. O valor corresponde ao fluxo de novos bens e serviços finais produzidos no segundo trimestre deste ano. O resultado foi 1% acima do registrado no mesmo período em 2018 e 0,4% superior ao primeiro trimestre de 2019.

Antes da divulgação do PIB pelo IBGE, a tendência geral dos economistas ouvidos no mercado financeiro era apostar em um crescimento de 0,2% de um trimestre a outro. O percentual em dobro é melhor do que se esperava, mas não o suficiente para marcar uma vigorosa retomada da economia, concordam economistas de postos diferentes ouvidos pela Agência Brasil.

Para Thiago Xavier, economista da Consultoria Tendências, o resultado do PIB é uma “pequena surpresa, mas precisa ser relativizada”. De acordo com ele, “uma das razões para ter cautela é a base muito frágil de comparação dos resultados. Independentemente de qual for a métrica, [o resultado] tem bases de comparação fracas”.

Xavier assinala que as comparações entre períodos iguais de 2019 e 2018 têm que levar em consideração que no primeiro semestre do ano passado houve a greve dos caminhoneiros que desarticulou toda a economia nacional, e que no primeiro semestre deste ano a ruptura da barragem da Vale em Brumadinho (MG) reduziu a produção mineral.

Governo do Estado vai lançar plano de recuperação de estradas do RN

A governadora Fátima Bezerra lança na próxima semana um plano para recuperação da malha viária estadual. Os detalhes estão sendo finalizados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A ideia é iniciar a operação tapa-buracos pelas rodovias com maior tráfego de veículos no interior. De acordo com o diretor do DER, Manoel Marques, dos mais de 3 mil quilômetros da malha estadual, cerca de 1.200, já estão em condições regulares de trafegabilidade.

“Existe uma diferença entre o que foi feito anteriormente e o que vamos fazer agora. O plano de conservação não ficará restrito apenas ao tradicional tapa-buracos. Vamos fazer ainda o roço (capinação) dos acostamentos, a limpeza dos canais de drenagem, além de manter um programa de manutenção preventiva nas estradas recuperadas”, disse Marques.

Segundo ele, neste primeiro momento, o DER também dará atenção à segurança dos motoristas, sinalizando o eixo central das rodovias para indicar locais de ultrapassagem permitida e proibida – faixa contínua.

CONFIRA AS PROMOÇÕES DA NP CONFECÇÕES E CALÇADOS NESTE SÁBADO MAIS (31)

Gasto de estrangeiros no Brasil cresce 59,8% após Bolsonaro isentar vistos

O primeiro mês após a isenção de vistos para países estratégicos (Austrália, Canadá, EUA e Japão), anunciada pelo governo federal em junho deste ano, registrou um expressivo aumento de gastos dos turistas estrangeiros no país. Em julho de 2019, US$ 598 milhões foram injetados na economia brasileira pelos turistas estrangeiros, contra US$ 417 bilhões registrados no mesmo período do ano anterior, um aumento de 43,4%. Já em comparação com o mês de junho deste ano, o aumento foi ainda maior: 59,8%.

Tirando o ano da Copa do Mundo no Brasil, em 2014, esse foi o maior crescimento dos últimos 16 anos. Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o resultado demonstra que o país começa a colher resultados expressivos das ações adotadas nos primeiros meses de governo. Para ele, esse tipo de crescimento é fundamental para o turismo brasileiro atingir o patamar que o país merece alcançar. “Os dados confirmam que o setor está no centro da agenda econômica do governo do presidente Jair Bolsonaro, contribuindo ativamente para o crescimento do nosso país. É essa transformação que queremos para o Brasil”, comemorou.

Os dados são divulgados mensalmente pelo Banco Central e demonstraram, ainda, que de janeiro a julho de 2019 houve uma diminuição de 8,7% no déficit da balança comercial do turismo em relação aos primeiros sete meses de 2018. Por outro lado, a despesa cambial, ou seja, quanto os brasileiros gastaram em viagens ao exterior, foi de US$ 1,9 bilhão em julho de 2019, percentual 9,64% maior do que o de julho de 2018, quando a despesa foi de US$ 1,73 bilhão.

30 agosto 2019

DINHEIRO NAS CONTAS: Municípios receberam repasse do FPM hoje

Os cofres municipais receberam hoje (30), parcela referente ao 3º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). No total, as 5.570 prefeituras do país receberam o valor de R$ 1.939.230.690,90, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante chega a R$ 2.424.038.363,63.

De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o 3º decêndio de agosto de 2019, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou um crescimento de 3,10% em termos nominais, que não consideram os efeitos da inflação. O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve crescimento de 8,09%.

Ao levar em conta a inflação, ou seja, o valor do repasse deflacionado do período, comparado ao mesmo período do ano anterior, a queda é de 0,21%. O mês fechou em crescimento de 4,62%, comparado ao mesmo período de 2018, já corrigido pela inflação do período.

Governo Lula bateu recorde de desmatamento sob silêncio da mídia e de ONGs

Dados do INPE revelam que a Amazônia teve 125 mil quilômetros quadrados desmatados nos 8 anos do governo Lula. O recorde foi em 2004, quando o INPE registrou em apenas um ano desmatamento de 27,7 mil quilômetros quadrados, equivalente ao Estado de Alagoas, sem que tenham sido ouvidos protestos de ONGs ou líderes europeus. 

O Instituto Imazon diz que nos últimos 12 meses foram desmatados 5 mil km2, 66% a menos que a média anual do governo Lula. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A média anual de 15,6 mil quilômetros quadrados desmatados na era Lula caiu para menos da metade, 6,3 mil, entre 2011 e 2018. Se mantiver o ritmo dos últimos meses até o final do ano, o governo Bolsonaro terá o terceiro melhor resultado da série histórica do INPE.

Ministério da Saúde envia 22 mil doses extras de vacina contra sarampo para o RN

O Ministério da Saúde anunciou envio de 22.387 doses extras de vacina tríplice viral ao Rio Grande do Norte. O objetivo é garantir imunização contra o sarampo a todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias. O público da campanha estimado para o estado é de 20.352 pessoas. A Secretaria Estadual de Saúde confirmou três casos da doença neste ano.

Segundo o Ministério da Saúde, 1,6 milhão de doses extras da vacina tríplice viral foram enviadas a todos os estados. Só para as 13 unidades federativas que estão em situação de surto ativo de sarampo – entre elas, o Rio Grande do Norte – são 960.907 mil doses.

Pesquisa mostra que seca não é o principal fator de emigração do Nordeste

Uma pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Demografia da UFRN traça um novo olhar sobre a dinâmica demográfica no semiárido nordestino. Uma das conclusões do estudo é que a seca, que é comumente citada como a principal causa para emigração, não é de fato o principal motivo que leva a população a deixar a região, mas sim uma junção de fatores econômicos e a falta de políticas sociais.

Os estudos desenvolvidos pelo professor e pesquisador Ricardo Ojima nos últimos anos, com ênfase na região do semiárido norte, afirma que as políticas sociais, sobretudo as de transferência de renda, como o Bolsa Família e a aposentadoria, são os fatores mais relevantes para fixar a população em determinada região ou ainda para o retorno desta para as cidades de origem.

IBGE: Desemprego cai para 11,8% em julho e atinge 12,6 milhões; carteira assinada acumula 4ª alta seguida com 43.820 novos empregos no período

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 11,8% no trimestre encerrado em julho, atingindo 12,6 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da quarta queda seguida na comparação com o mês anterior, e representa recuo também em relação ao mesmo período de 2018, quando a taxa foi de 12,3%.

Apesar do desemprego ainda elevado no país, o mercado de trabalho tem mostrado sinais de recuperação, ainda que puxada pelo aumento do trabalho informal e da subocupação. Segundo o IBGE, o número de empregados sem carteira assinada e de trabalhadores por conta própria bateu novo recorde em julho.

O número de empregados no setor privado sem carteira assinada subiu 5,6% em 1 ano, atingindo 11,7 milhões (mais 619 mil pessoas), maior valor já registrado pela pesquisa. Já o número de trabalhadores por conta própria aumentou 5,2% frente ao mesmo período de 2018, atingindo o recorde de 24,2 milhões (mais 1,2 milhão de pessoas). O número de empregados com carteira assinada ficou praticamente estável em julho, segundo o IBGE, reunindo 33,1 milhões de pessoas.

A economia brasileira criou 43.820 empregos com carteira assinada em julho, segundo números divulgados na semana passada pelo Ministério da Economia. Os números oficiais mostram também que, nos sete primeiros meses deste ano, foram criados 461.411 empregos com carteira assinada – alta de 2,93% frente ao mesmo período do ano passado.

Trabalho informal
O número de brasileiros do setor privado sem carteira assinada bateu recorde da série histórica, que começa em 2012, com 11,7 milhões de pessoas nesta situação. O aumento foi de 5,6% em comparação ao mesmo trimestre de 2018, com mais 619 mil pessoas no trabalho informal.

O número de trabalhadores por conta própria também bateu recorde, com 24,2 milhões de pessoas. Em relação ao ano anterior, o indicador apresentou elevação (5,2%), um adicional estimado de 1,2 milhão de pessoas.

FAÇA UMA VISITA A CASA DAS PEÇAS


Temos peças para carros, motos, bicicletas e lubrificantes em geral
O menor preço da cidade conheça a casa das peças
Vendendo o melhor e mais barato! Ligue ou visite nossa loja
Localizada na Av.  Francisco Amaral, N° 398, Centro de Tenente Laurentino Cruz,
Org: Bolinha / Fone: (84) 3438-0085 / Celular: 99667-1001

29 agosto 2019

Dinheiro do pré-sal não pode ser usado para pagar salários

Os recursos do pré-sal, que serão distribuídos aos estados e municípios através da chamada cessão onerosa, são colocados como um sopro de esperança de o Governo do Estado pagar os salários de 2019 dentro do mês. A governadora Fátima Bezerra (PT) tem dito, e repetido, que esses recursos terão um único destino: pagamento de salários.

Só que houve uma mudança de rota dos referidos recursos. É que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado alterou o texto e decidiu que os recursos da cessão onerosa do pré-sal não poderão ser utilizados em gastos de pessoal ou custeio.  Péssima notícia para o servidor público estadual do RN, que amarga três folhas de salários atrasados (novembro, dezembro e o 13o de 2018).

O texto propõe que os R$ 21 bilhões que devem ser repassados aos entes federativos garantam a realização de novos investimentos e amenizem os rombos previdenciários dos estados e municípios, contribuindo, assim, com a recuperação econômica do país. Para ficar bem claro, o parágrafo primeiro do texto diz que esse recurso é vedado para o pagamento de pessoal ativo, pessoal inativo ou custeio, que são recursos do cotidiano que não têm impacto para o crescimento do país.

O parecer apresentado por Cid Gomes (PDT-CE) na CCJ nesta quarta-feira confirma que os estados terão direito a 15% e os municípios a outros 15% dos recursos que serão arrecadados pela União no leilão do pré-sal que está marcado para novembro. Esse percentual, porém, será calculado depois que as dívidas que a União têm com a Petrobras forem descontadas do valor arrecadado.

Como a previsão é que o leilão atraia R$ 106 bilhões e R$ 30 bilhões disso sejam empregados no pagamento desse débito, devem ser distribuídos R$ 10,5 bilhões para os estados e mais R$ 10,5 bilhões para os municípios. O Governo do Estado do RN espera receber R$ 458 milhões, o suficiente para pagar uma folha de servidores.

Essa verba será distribuída através dos critérios do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de uma única vez. Por isso, ficarão fora do teto de gastos dos municípios. Na Câmara, contudo, podem haver novas modificações. É que há um movimento para que os estados e os municípios recebam uma fatia maior dos recursos do pré-sal.

Economia brasileira cresce 0,4% no segundo trimestre, anuncia IBGE

O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, teve um crescimento de 0,4% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior. O PIB somou R$ 1,78 trilhão no período. O dado foi divulgado hoje (29), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O PIB também apresentou altas de 1% na comparação com o segundo trimestre de 2018, de 0,7% no acumulado do ano e de 1% nos últimos 12 meses.

Na comparação do segundo com o primeiro trimestre deste ano, a alta de 0,4% foi puxada, sob a ótica da produção, pelos crescimentos de 0,3% do setor de serviços e de 0,7% da indústria. A agropecuária recuou 0,4% no período. Na indústria, os principais desempenhos vieram da indústria da transformação (2%) e da construção (1,9%). As indústrias extrativas recuaram 3,8% e a atividade de eletricidade, gás, água, esgoto e gestão de resíduos caiu 0,7%.

Nos serviços, houve resultados positivos nas atividades imobiliárias (0,7%), comércio (0,7%), informação e comunicação (0,5%) e outras atividades de serviços (0,4%). Por outro lado, tiveram queda os segmentos de administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (-0,6%), transporte, armazenagem e correio (-0,3%) e atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (-0,1%).

Demanda
Sob a ótica da demanda, a alta do PIB do primeiro para o segundo trimestre foi puxada pela formação bruta de capital fixo, isto é, os investimentos (3,2%), e pelo consumo das famílias (0,3%). O consumo do governo teve queda de 1% e as exportações recuaram 1,6%. As importações cresceram 1%.

RN chega a 3,5 milhões de habitantes em 2019, diz IBGE

A população do Rio Grande do Norte foi estimada em 3.506.853 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa com o total de habitantes dos estados e dos municípios foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (28). A estimativa se refere a 1° de julho de 2019.

O número representa um aumento de 0,80% em relação ao que havia sido estimado pelo IBGE em 2018, quando o total de habitantes no RN era de 3.479.010 de pessoas.

Natal é a cidade com o maior número de habitantes (884.122), seguida de Mossoró (297.378) e Parnamirim (261.469). Já Viçosa é o município com o menor número de habitantes (1.718). Seis municípios concentram 48,4% dos habitantes do RN: Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Ceará-Mirim.

Banco do Brasil descumpre acordo com o Governo do Estado e consignado é vetado a servidores com dívidas

O Banco do Brasil está descumprindo o acordo com o Governo do Rio Grande do Norte de garantir o empréstimo consignado a todos os servidores estaduais. Uma grande parcela dos que pleiteiam o consignado está vetada.

As reclamações abrangem a grande maioria dos servidores, que é àquela com pendências junto a instituições credoras, especialmente a que deve ao Banco do Brasil.

“Só consegue o consignado quem está limpo com o banco. Isso é injusto, porque o Estado é o responsável por repassar o valor mensalmente para o BB”, reclama um servidor.

MPRN pede condenação de Rosalba ao pagamento de R$ 18,4 milhões à previdência

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) moveu uma ação civil pública (ACP) de improbidade administrativa contra a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini Rosado. A 19ª Promotoria de Justiça da cidade de Mossoró está pedindo a condenação da gestora pela ausência de repasse das contribuições patronais ao Instituto de Previdência do Município de Mossoró (Previ) no valor de R$ 18.403.511,36.

A quantia é referente ao período de agosto de 2018 a maio de 2019, tendo já sido excluídos os valores decorrentes de parcelamentos já efetuados. A ação civil pública foi ajuizada nesta quarta-feira (28) na 1ª Vara da Fazenda Pública de Mossoró.

O MPRN requereu, além do reconhecimento de ato de improbidade praticado pela prefeita, que seja determinado à demandada o repasse imediato ao Previ/Mossoró das contribuições previdenciárias patronais referentes às competências de agosto de 2018 a maio de 2019. Em não sendo efetivado o referido repasse, o MPRN requer seja determinado o bloqueio no FPM no valor do débito previdenciário.

A ausência do repasse dessas contribuições aos cofres da entidade previdenciária do Município além de inviabilizar o equilíbrio financeiro e atuarial da previdência dos servidores públicos municipais, pode impedir que os segurados recebam os benefícios que lhe são assegurados.

27 agosto 2019

Governadora Fátima Bezerra discute situação salarial dos servidores

A Governadora Fátima Bezerra (PT) recebe em audiência o Fórum Estadual dos Servidores. O encontro será hoje às 15 horas na Governadoria.

Estão na pauta da reunião:
a) Composição do formato do Calendário de Pagamento para o mês de setembro e restante do ano de 2019, incluindo o 13º salário.
b) 16,38% para todos os Servidores Ativos, Aposentados e Pensionistas do Executivo.
c) Calendário de pagamento dos Atrasados e para o restante do ano de 2019 incluindo o 13º salário de 2019.
d) Composição do Calendário de Pagamento apresentado pelo Governo do Estado para o mês de setembro.
e) Decreto da Centralização da conta financeira do Governo.
f) Concurso Público, como única porta de ingresso no serviço público.

VENHA PARA A FAVENI: GRADUAÇÃO, 2ª LICENCIATURA E PÓS-GRADUAÇÃO (EAD)

Quatro novos terremotos são registrados a 1.640 km de Natal

Quatro terremotos foram registrados no Oceano Atlântico, a cerca de 1.640 quilômetros de Natal, nesse domingo (25). De acordo com o Laboratório de Sismologia da UFRN, todos os tremores tiveram magnitude superior a 4,5 graus.

O primeiro evento foi registrado às 11h54 (horário de Natal), com magnitude de 4,9; o segundo, às 15h31 (4,6 de magnitude); o terceiro, às 15h46 (5,0); e o quarto, às 16h05 (4,6).

Ainda segundo o Labsis-UFRN, o evento com maior magnitude na escala de medição teve o epicentro localizado a cerca de 1.640 km de Natal, a 1340 km de São Luís-MA, a 1345 km de Fortaleza-CE e a 1.490 km de Belém-PA.

26 agosto 2019

Governo do RN vende conta geral do Estado por R$ 251 mi; acordo permite liberação de consignados

O governo do RN vendeu a conta geral do Estado por R$ 251 milhões para o Banco do Brasil. O acordo foi firmado nesta segunda-feira(26). Conforme reportagem publicada no Blog do BG nesta segunda-feira, repercutindo entrevista ao Bom Dia RN, a secretária de Administração Virginia Ferreira disse que Caixa Econômica ofereceu um valor inferior ao Banco do Brasil nas negociações diretas e por isso o Banco do Brasil aceitou o negócio.

Por ora, não entra nenhum valor. O que vai acontecer é que serão liberados empréstimos consignados para os funcionários, já que serão quitados os valores que o Estado recolheu e não pagou. Em dezembro, entram R$ 123 milhões.

Lula não quer ir para regime semiaberto

Enquanto aguarda a definição do julgamento dos embargos de declaração no caso do tríplex no STJ, Lula segue dizendo que não quer sair da cela para ficar em regime semiaberto.O petista quer a absolvição ou a anulação da sentença. Segundo seus interlocutores, seria o primeiro caso de condução coercitiva para progressão de regime. Os que o visitam na carceragem da PF dizem que nem a possibilidade de casar com a socióloga Rosângela da Silva o faz mudar de ideia — plano que segue apesar da mudança dela de Curitiba para Foz do Iguaçu.

Janja, como é conhecida, é servidora da Itaipu Binacional. Morando a 635 km de Lula, a namorada o visita ao menos uma vez por mês desde que deixou a capital do Paraná. Segundo parecer do MPF, Lula já teria direito direito ao regime semiaberto. A defesa ainda aguarda definição do dia do julgamento.

Nesse processo, ele foi condenado a 8 anos, 10 meses e 20 dias. A expectativa é que esse ocorra em setembro. Na próxima semana, o STF deve avaliar a suspensão do processo sobre o Instituto Lula.

Pagamento da 1ª parcela do 13º dos aposentados começa hoje

O pagamento da primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa nesta segunda-feira (26).

O depósito da gratificação será realizado na folha mensal de pagamentos do INSS, entre os dias 26 de agosto e 6 de setembro, seguindo o mesmo calendário dos benefícios de agosto.

Terão direito à primeira parcela cerca de 30 milhões de beneficiários, segundo o INSS. Essa liberação de recursos deve injetar cerca de R$ 21,9 bilhões na economia neste terceiro trimestre.

MPRN recomenda que municípios cedam veículos para transporte de eleitores

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) publicou uma recomendação para que os prefeitos de Assu, São Rafael, Porto do Mangue e Carnaubais cedam veículos pertencentes ao Município para fazer o transporte público de eleitores que residam na zona rural até a zona urbana, onde estarão instaladas as seções de votação do processo de escolha unificado dos membros do Conselho Tutelar. 

A recomendação foi editada pela Promotoria de Justiça da comarca de Assu, que justificou que a recomendação pretende possibilitar que parcela da população participe de tão importante processo democrático para os interesses do público infantojuvenil. 

Cabe aos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente dos quatro municípios, oficiar ao prefeito solicitando veículos, inclusive aqueles que são utilizados no transporte escolar, para fazer o transporte público de eleitores que residem na zona rural.

Ônibus com estudantes capota em estrada no município de Santana do Matos; não há feridos

Um ônibus que transportava alunos do município de Santana do Matos, no interior do Rio Grande do Norte, capotou na manhã desta segunda-feira (26) na RN-041, estrada que liga a cidade à BR-304, uma das principais rodovias do estado. Apesar do susto, não houve feridos com gravidade. De acordo com a Prefeitura de Santana do Matos, quatro crianças precisaram ser atendidas no Hospital Doutor Clóvis Avelino, que fica no município, mas já foram liberadas sem qualquer “dano físico”.

A Polícia Militar da região confirmou que não houve nenhum ferido grave no acidente, que aconteceu nas proximidades de um local conhecido como Comunidade da Residência. O ônibus ia do distrito de São José da Passagem para Santana do Matos.

Segundo a Prefeitura da cidade, o acidente aconteceu possivelmente por um pneu do ônibus que estourou na estrada. Em nota publicada, o Executivo diz que “após ter um dos pneus estourado, o veículo foi conduzido pelo motorista até o acostamento da rodovia RN-041, onde uma área de aterro em declive encontra-se com bastante erosão. Neste área o veículo veio à tombar”.

O ônibus é terceirizado e transportava alunos da rede pública da cidade. A Prefeitura de Santana do Matos disse que vai apurar o caso e tentar prevenir “novas situações e possíveis acidentes”.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...