Páginas

17 julho 2017

Assim como o pai e o avô, morre também de suicídio Getúlio Vargas Neto

Morreu, nesta segunda-feira, Getúlio Dornelles Vargas Neto, neto do ex-presidente Getúlio Vargas, aos 61 anos. O corpo do advogado, um dos fundadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT), foi encontrado em seu apartamento, no bairro Moinhos do Vento, bairro nobre da capital gaúcha. A Polícia Civil afirma que, assim como o pai, Maneco Vargas — que repetiu o gesto de seu avô Getúlio (foto abaixo) e atirou contra o próprio peito —, Dornelles também teria cometido suicídio.

Ao lado do corpo de Getúlio foi encontrado um bilhete de despedida para a família, segundo a delegada da 2ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre, assim como seu avô, que também deixou uma carta escrita a lápis, em 1954, quando se matou com um tiro no peito, no dia 24 de agosto de 1954, no Palácio do Catete, então sede do governo federal.

O corpo do advogado foi encontrado por um funcionária que trabalha para a família nesta segunda. Getúlio atirou contra a própria cabeça. A delegada disse que a Polícia Civil não tem dúvidas de que o caso se trata de um suicídio, no entanto, vai instaurar um inquérito e ouvir testemunhas, como de praxe. Getúlio Vargas Neto morava com uma filha, que estava em viagem. O corpo foi encaminhado, no início da tarde desta segunda, ao Departamento Médico Legal (DML).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...