Páginas

30 janeiro 2017

Na sala com... Rosângela Maria da Cosra Cunha

Faria tudo de novo: Faria tudo de novo, contudo, seria mais cuidadosa comigo mesma.

Trouxe da minha infância: A minha doce rebeldia.
Sou capaz de tudo: Por minha filha.
Vai ficar para sempre: Respondo com Leoni: As cores, figuras, motivos, o sol passando sobre os amigos, histórias, bebidas, sorrisos e afeto em frente ao mar...
Faço todos os dias: todos os dias faço coisas diferentes, não tenho como especificar isso ou aquilo... Leio, penso, luto, converso... E outras vezes fico quietinha no meu mundo, silenciosamente, para não fazer barulho para os 'meus eus' que habitam em mim.
Não é justo: Uns com tanto, outros sem absolutamente NADA!
A vida me deu: Força e coragem!

Tenho um projeto: Projeto, deixa eu ver aqui... Nada de relevante, eu sou tão simples para essas coisas!
Quando não conseguir: Paciência... Tudo no tempo de Deus!
Tenho certeza que fiz: Sempre fiz as coisas do meu jeito, para isso existe as consequências, porém, são escolhas. E eu escolhi fazer da minha maneira. Não me arrependo de 'quase nada'
Uma frase: 'Não quero nem saber se tem luz no fim do túnel. Quando entro nele, já acendo a minha.
Não faria por nada: Deixar de SER de verdade, mesmo tendo que passar pelas situações mais chatas possíveis, mesmo assim, apesar de... Prefiro SER do meu jeito.
A vida me ensinou: A SER eu mesma, em qualquer situação.
Na minha vitrola toca: Antigamente eu era muito seletiva nessa questão, só ouvia MPB. Mas 'hoje em dia' escuto de A a Z, depende do momento.

Vou buscar no baú: Quase não vou lá, rsrs, quase sempre caminho sem olhar para trás, 'enfrente, em frente'!
Ainda acredito: APESAR DE TUDO, nas pessoas. Acredito que ainda existe o mundo que vale a pena!
Se necessário vou buscar: Respostas para aquilo que eu ainda não sei
Meus cinco pedidos: Paz, amor, justiça, igualdade, coragem, força... E muitos outros mais!
Meus amigos são aqueles: Que conseguem me enxergar da maneira que eu sou, e me amam do mesmo jeito.
Vou sentir saudades um dia: De mim mesma.
Ainda não consegui: Nunca carreguei na minha bagagem desejos extraordinários, talvez seja por essa razão que eu não tenha nenhum sonho frustrado, porque para mim o importante mesmo são as coisas 'de dentro', o resto são detalhes...
Nunca vou esquecer: Das pessoas que continuo amando, embora elas não estejam mais aqui nessa vida.
Maior presente: A VIDA.
Planejo tudo: Na verdade mesmo, eu quase não faço planejamentos, com exceção daquilo que está relacionado a minha filha, Anália Dantas, somente as coisas realmente essenciais para o dia a dia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...