Páginas

23 março 2017

Deputados Rafael Motta e Walter Alves votam contra aprovação de terceirização e o trabalho temporário

Do total de oito deputados federais, apenas três deputados da bancada potiguar, votaram contrários ao projeto que regulamenta a terceirização e o trabalho temporário no país. Entre eles os deputados Rafael Motta (PSB) e Walter Alves (PMDB).

O texto foi aprovado, sob protesto da oposição, por 231 votos a 188. Foram registradas 8 abstenções. Entre outras coisas, o projeto de lei (PL 4302/98) permite a terceirização até da atividade-fim de uma empresa.

Os deputados Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Rogério Marinho (PSDB) foram favoráveis ao projeto. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...