Páginas

05 junho 2017

Líder mundial de tabaco aposta em cigarro ‘menos’ nocivo que o comum

A maior empresa tabagista do mundo lançou um novo cigarro supostamente menos nocivo do que o convencional. Criado pela Philip Morris, o produto tem uma aposta difícil: proporcionar uma experiência semelhante à do cigarro, mas com impacto menor à saúde, de acordo com o fabricante. O IQOS (lê-se “aicós”) é um dispositivo eletrônico na forma de uma piteira dentro da qual se coloca um pequeno bastão de tabaco. O pulo do gato é a temperatura de combustão, de apenas 300 graus, e não dos usuais 600 graus. 

Com isso, o tabaco é apenas aquecido, e não queimado. Grande parte dos malefícios do cigarro comum vem justamente das altas temperaturas que liberam substâncias químicas e nocivas. De acordo com o fabricante, o IQOS conteria níveis até 90% inferiores de substâncias cancerígenas em relação aos que existe no mercado.

Os especialistas médicos são resistentes ao produto. O dispositivo carrega níveis de nicotina semelhantes ao do cigarro comum e, portanto, afeito a dependência ao fumo. De acordo com o CDCL, órgão americano de pesquisa na área de saúde, a nicotina estimula as áreas de satisfação e recompensa no cérebro e é tão viciante quanto heroína. O produto foi ao Japão em 2016, a peça eletrônica já foi aprovada em 25 países, como Alemanha, Suíça, Portugal, Canadá e Colômbia. Não há previsão de chegada no Brasil.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...