Páginas

24 fevereiro 2017

Caso de suposta criança cega que viralizou no Whatsapp é mentira

Há alguns dias, muitas pessoas começaram a receber fotos de uma criança supostamente cega através de mensagens no Whatsapp. A fotografia da menina vinha acompanhada de um áudio em que se dizia que a cada compartilhamento, o Whatsapp doaria 10 centavos à criança para a realização de uma cirurgia nos olhos.

Porém, com alguns poucos cliques no Google, qualquer pessoa pode descobrir que a garota da foto (que não é cega) é a iraniana Mahdis Mohammadi. A pequena, que chama atenção pelos seus brilhantes e expressivos olhos, conta com, nada mais, nada menos, que 118 mil seguidores no Instagram.

De acordo com o site indiano News Crunch, uma corrente semelhante a que hoje circula no Brasil, também comoveu muitas pessoas na Índia e nos Estados Unidos. Confira a versão indiana da corrente: “she is blind . if u forwad this picture to the people in your group the, wattsup company has promissed to pay 1 rupee towards her eye treatment. so more u forward she get better treatment. my name is nitin mandavi”

Tradução: “Ela é cega. Se você encaminhar essa imagem para pessoas em no seu grupo o ‘wattsup’ (sic) prometeu pagar uma rúpia (moeda indiana) para seu tratamento de visão. Quanto mais encaminhamentos melhor será o tratamento. Meu nome é Nitin Mandavi.” Enfim, o Whatsapp não doará nenhum valor à criança, até por que, ela não tem nenhum problema de visão. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...