Páginas

25 fevereiro 2017

Professores de Currais Novos fazem Assembleia e cobram piso salarial da categoria

Vlaudey Liberato - Falando hoje no programa “O Quente da Notícia”, com Edson Freire na Rádio Ouro Branco, o coordenador regional do SINTE, Marinilzo Clementino disse da impaciência que vive a categoria dos professores municipais, com a indefinição quanto ao reajuste do Piso e outras reivindicações. A categoria se reuniu em Assembleia nesta quinta-feira (23).

Demora
Ele disse que o prefeito Odon Jr pediu o prazo de três meses para tratar sobre o assunto, “mas se teve tempo, foi feita transição, se tem os dados, porque esse tempo longo?” O acumulado, quer dizer as perdas salariais já chegam a quase 25%, incluindo o reajuste para este ano de 7,64%. Marinilzo salientou que em outros municípios há também dificuldades, e já definiram essa situação, citando Bodó e Florânia. Não entende essa demora no município de Currais Novos.

Luta
O coordenador do SINTE afirmou que na Assembleia de ontem, os professores demonstraram muita impaciência e aprovaram que seja enviado a Prefeitura, um ofício, cobrando para o mais breve possível, que haja uma discussão dobre o reajuste dos educadores. Marinilzo disse que inclusive, a categoria está pronta para até uma mobilização, se for necessário. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...