Páginas

25 fevereiro 2021

RN tem 12 hospitais com 100% de ocupação em UTIs para Covid-19


Doze hospitais públicos do Rio Grande do Norte iniciaram esta quinta-feira (25) com 100% de ocupação dos leitos críticos para tratamento de pacientes com Covid-19. A informação é da plataforma “Regula RN”, da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), que faz o monitoramento em tempo real das unidades de referência para acolhimento de casos de pessoas infectadas com coronavírus.

Leitos críticos são as unidades semi-intensivas e as intensivas (UTIs) dos hospitais. Essas são as instalações reservadas para pacientes com quadros graves de Covid-19, como os que necessitam de suporte de oxigênio. Os dados foram consultados às 10h45. A rede pública de atendimento à Covid-19 regulada pelo Governo do Estado tem 21 hospitais com leitos de UTI. Ou seja, quase metade das unidades está com 100% de ocupação.

Segundo a Sesap, os hospitais que têm todos os leitos críticos ocupados nesta quinta-feira são:

Hospital de Campanha de Natal

Hospital Dr. Mariano Coelho, em Currais Novos

Hospital Giselda Trigueiro, em Natal

Hospital Manoel Lucas de Miranda, em Guamaré

Hospital-Maternidade do Divino Amor, em Parnamirim

Hospital Municipal Aluízio Bezerra, em Santa Cruz

Hospital Regional de João Câmara

Hospital Dr. Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros

Hospital Lindolfo Gomes Vidal, em Santo Antônio

Hospital Nelson Inácio dos Santos, em Assu

Hospital Universitário Onofre Lopes, em Natal

Hospital de São Paulo do Potengi

Em todo o Estado, a média de ocupação de leitos críticos está em 85,37%. A pior situação é a da Grande Natal, com uma taxa média de 92,9% de ocupação de leitos semi-UTI ou UTI.

Contribuinte já pode baixar programa da declaração do Imposto de Renda


A partir desta quinta-feira (25), os contribuintes podem baixar o programa de preenchimento e de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 (ano-base 2020). O programa para computador estará disponível na página da Receita Federal na internet.

O prazo de entrega começará na próxima segunda-feira (1º), às 8h, e irá até as 23h50min59s de 30 de abril. Neste ano, o Fisco espera receber até 32.619.749 declarações. No ano passado, foram enviadas 31.980.146 declarações. Pelas estimativas da Receita Federal, 60% das declarações terão restituição de imposto, 21% não terão imposto a pagar nem a restituir e 19% terão imposto a pagar.

Assim como no ano passado, serão pagos cinco lotes de restituição. Os reembolsos serão distribuídos nas seguintes datas: 31 de maio (primeiro lote), 30 de junho (segundo lote), 30 de julho (terceiro lote), 31 de agosto (quarto lote) e 30 de setembro (quinto lote).

Novidades

As regras para a entrega da declaração do Imposto de Renda foram divulgadas ontem (24) pela Receita. Entre as principais novidades, está a obrigatoriedade de declarar o auxílio emergencial para quem recebeu mais de R$ 22.847,76 em outros rendimentos tributáveis e a criação de três campos na ficha “Bens e direitos”, para o contribuinte informar criptomoedas e outros ativos eletrônicos.

Até esta sexta-feira (26), as empresas, os bancos, as demais instituições financeiras e os planos de saúde estão obrigados a fornecer os comprovantes de rendimentos. O contribuinte, no entanto, pode adiantar o trabalho e juntar documentos como contracheques e recibos, no caso de rendimentos, e notas fiscais, usadas para comprovar deduções.

Bancada destina emendas para compra de vacinas contra Covid pelo Governo do RN


A bancada federal do Rio Grande do Norte se reuniu nesta quarta-feira (24), em Brasília, para definir a alocação de emendas parlamentares no Orçamento 2021. O coordenador da bancada, deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) informou que o valor de R$ 241.460.468,00 milhões, divididos em 15 partes iguais (R$ 16.097,364,53), número máximo de emendas, em conformidade com Resolução do Congresso Nacional, serão viabilizados conforme sugestões apresentadas pelo governo e prefeitura.

“Por unanimidade dos presentes, definimos enviar recursos as áreas e obras sugeridas pelo Governo do Estado. É o caso da saúde, que considerando, sobretudo, a situação da calamidade e enfrentamento da pandemia, acordamos em destinar duas emendas, uma para custeio e manutenção de hospitais e UTI’s e outra para aquisição de vacinas, caso a União não consiga disponibilizar e o Estado seja autorizado a fazer a compra. Também ficou pactuado, se não for possível o Governo do RN fazer aquisição de vacinas, que a bancada rediscutirá a destinação da emenda para esse fim,” explicou o deputado Benes.

A prefeitura de Natal também será contemplada na área da saúde, com recursos para a construção do Hospital Municipal. Essa obra, foi sinalizada pelo prefeito Álvaro Dias como prioridade para a cidade durante reunião com a Bancada Federal.

Outro ponto de consenso foi o envio de emenda para a conclusão das obras da Barragem de Oiticica. O restante das emendas serão indicadas individualmente pelos parlamentares, que podem atender qualquer ente potiguar ou instituição do Rio Grande do Norte.

24 fevereiro 2021

Barragem Gargalheiras, em Acari, teve aumento de 20 centímetros em seu volume


A barragem Marechal Dutra, mais conhecida como Gargalheiras, localizada na cidade de Acari, recebeu cerca de 20 centímetros em seu volume de água devido às chuvas caídas em seu entorno no final da tarde para o começo da noite desta terça-feira (23).

Segundo a Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), o volume do Gargalheiras, hoje, é de quase 9 milhões de metros cúbicos.

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 85,5%; Seridó é de 82,9%


A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 85.5%, registrada no fim da manhã desta quarta-feira (24). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 449.

Até o momento desta publicação são 40 leitos críticos (UTI) disponíveis e 235 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 68 disponíveis e 214 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 89,1% dos leitos críticos ocupados, a região Seridó tem 82,9% e a Região Oeste tem 79,8%.

INSS suspende prova de vida de aposentados até abril


Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não fizeram a prova de vida entre março de 2020 e abril deste ano não terão seus benefícios bloqueados. O governo anunciou a extensão do prazo nesta terça-feira (23). A partir de maio, volta a ser obrigatória, segundo o presidente do INSS, Leonardo Rolim.

Até então, uma portaria publicada em 20 de janeiro prorrogava a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de janeiro e fevereiro, ou seja, para pagamentos até o fim de março. Com a prorrogação anunciada nesta terça, fica prorrogada a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de março e abril, ou seja, para pagamentos até o fim de maio.

Previsão do Climatempo é de que fevereiro termina com muita chuva em vários estados do Nordeste

Os últimos dias de fevereiro de 2021 serão marcados pelo aumento da instabilidade sobre a Região Nordeste do Brasil. Um vórtice ciclônico em altos níveis da atmosfera vai ficar na costa do Nordeste e a circulação de ventos deste sistema vai estimular a formação de nuvens carregadas em muitas áreas da Região Nordeste. Além disso, as áreas de instabilidade da Zona de Convergência Intertropical também vão levar nuvens carregadas para parte do Nordeste.

A previsão é de que no restante desta semana, até o dia 28 de fevereiro, as pancadas de chuva sejam frequentes sobre o Maranhão e o Piauí no Ceará sobre o sertão do Pernambuco e também no oeste da Bahia no Vale do São Francisco e na região de Sobradinho. As áreas de instabilidade nessas regiões se intensificam nos dias 25 e 26 de fevereiro e há risco de tempestades, com raios e chuva bastante volumosa.

Apenas nesse período até o dia 28 de fevereiro, várias áreas no sul do Maranhão e do Piauí poderão acumular de 100 a 200 mm de chuva. Em outras áreas desses estados e também no sertão de Pernambuco, no oeste e norte da Bahia pode chover de 60 a 100 mm neste período.

Venda de antidepressivos cresce 17% durante pandemia no Brasil


A venda de antidepressivos e estabilizadores de humor tiveram um aumento expressivo durante o ano passado. Um levantamento do Conselho Nacional de Farmácias mostra que quase 100 milhões de caixas de medicamentos controlados foram vendidos em todo o ano de 2020 – um salto de 17% na comparação com os 12 meses anteriores.

“A pesquisa parece mostrar uma relação entre os determinantes sociais de saúde e o aumento do consumo de medicamentos. Há uma tendência de que as pessoas considerem que vários aspectos da vida social podem ser tratados com medicamentos”, explica o consultor da entidade, Wellington Barros.

95% dos alunos da rede pública terminam a escola sem conhecimento adequado de Matemática

Dados da última avaliação nacional realizada antes da pandemia mostram que 95% dos estudantes terminam a escola pública no País sem o conhecimento esperado de Matemática. Isso quer dizer que só 5% dos jovens do 3º ano do ensino médio conseguiam em 2019 resolver problemas usando probabilidade ou o Teorema de Pitágoras.

Os resultados são ainda mais graves porque os alunos passaram, em seguida, por um ano de escolas fechadas e ensino remoto insuficiente. Além disso, o Congresso pode determinar que municípios, Estados e União não mais precisem vincular uma quantidade mínima de recursos para a educação, o que diminui as possibilidades de reverter o quadro, segundo especialistas.

A tabulação dos resultados do Sistema de Avaliação do Ensino Básico (Saeb) 2019 foi feita pela plataforma QEdu e pelo Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede). Em Português, uma quantidade bem menor, 69%, não chega ao nível considerado adequado. Eles não conseguem identificar a ironia em um texto e inferir o tema de uma reportagem. Outros 31% são considerados proficientes na disciplina.

Bandidos fazem arrastão em centro de testagem para Covid-19 na Grande Natal


Dois bandidos fizeram um arrastão no Centro Municipal de Covid-19 no bairro Rego Moleiro, na cidade de São Gonçalo do Amarante, na região Metropolitana, na tarde dessa terça-feira (23). Na ocasião, os homens renderam funcionários em uma sala e roubaram pertences de pacientes que aguardavam a realização de testes para detectar o novo coronavírus.

Segundo a polícia, os bandidos tomaram celulares, bolsas e outros objetos de valor, e depois fugiram do local com destino ignorado. A Polícia Militar realizou buscas na região, mas até agora, nenhum dos suspeitos foi localizado.

Essa é a segunda ação criminosa no local nesse ano. A primeira foi em 24 de janeiro, quando criminosos arrombaram o local durante o fim de semana e levaram computadores, impressoras, caixas térmicas e até o bebedouro. Na ocasião, o centro de testagem chegou a ficar fechado para reparos.

22 fevereiro 2021

Decreto estadual amplia medidas restritivas para conter pandemia


O Governo do RN vai editar um novo decreto recomendando a ampliação de medidas restritivas para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus e evitar o colapso na rede de saúde. As medidas, sugeridas pelo Comitê Científico, foram discutidas na tarde desta sexta-feira (19) pela governadora Fátima Bezerra com prefeitos da Região Metropolitana de Natal e das cidades-polo regionais, com a presença de representantes dos ministérios públicos Estadual, Federal e do Trabalho e, logo depois, com representantes dos demais poderes.

Os participantes da reunião foram unânimes em reconhecer que o contexto atual recomenda a adoção de medidas mais duras pelo poder público no âmbito da prevenção da doença e preservação da vida. Os prefeitos adiantaram que vão editar decretos adequando as recomendações do Governo do Estado às peculiaridades de cada município. A taxa de ocupação de leitos críticos (UTI) para Covid no Rio Grande do Norte chegou a 89,5% na Grande Natal, 77,1% no Seridó e 76,5% no Oeste no final tarde desta sexta-feira, 19.

O decreto recomenda aos municípios, pelo período de 14 dias, a contar da publicação no Diário Oficial a suspensão das seguintes atividades: I – funcionamento de bares, restaurantes e similares após as 22h para atendimento ao público e até as 23h apenas para fins de encerramento de suas atividades operacionais; II – realização de quaisquer festas ou eventos promovidos ou patrocinados por entes públicos ou iniciativa privada; III – comercialização de bebidas alcoólicas, bem como seu consumo, em ambientes públicos, após as 22 horas.

Além disso, recomenda o estabelecimento de barreiras sanitárias e a intensificação do monitoramento e rastreio da implementação das medidas sanitárias nos municípios sabidamente turísticos do Rio Grande do Norte. Por meio das operações do “Programa Pacto Pela Vida”, o Governo do Estado vai colocar as forças de segurança estaduais à disposição dos municípios para coibir aglomerações, seja em espaços públicos ou privados, abertos ou fechados, bem como para garantir o cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus.

“O Governo do Estado está de prontidão, de mãos dadas com as prefeituras, para que todas as ações necessárias sejam realizadas com vistas àquilo que é central para o povo do Rio Grande do Norte neste momento: evitar aglomerações. A máscara, mais do que nunca, é obrigatória”, disse a governadora Fátima Bezerra.

Natal e cidades do interior tem a gasolina mais cara entre as capitais do Nordeste e do Brasil

Natal (RN) teve a gasolina mais cara entre as capitais do Nordeste e a terceira do Brasil na semana entre os dias 31 de janeiro a 6 de fevereiro. Os dias atuais não são diferentes. Os dados estão no levantamento semanal de preços de combustíveis da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que foi divulgado recentemente. Tem posto na Grande Natal (RN) cobrando preço da gasolina de R$ 5,75. Em Caicó tem posto cobrando aditivada de R$ 5,75. Em Currais Novos (RN) tem posto que a gasolina comum chega a R$5,73.

Covid: superlotação nos hospitais faz pacientes serem transferidos de avião de municípios do RN para Mossoró


A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) realizou a primeira transferência de pacientes com Covid-19 por transporte aéreo para hospitais de Mossoró, no Oeste potiguar, na tarde desta segunda feira 22. Segundo a Sesap, a medida se fez necessário devido à alta ocupação de leitos de UTI críticos da região Metropolitana. Às 18h20 desta segunda, nove hospitais públicos do RN estão com 100% dos leitos Covid ocupados.

Ainda de acordo com a pasta, a decisão envolve dois pacientes que terão como destino o Hospital Rafael Fernandes e o Hospital São Luiz, ambos em Mossoró. Toda a logística teve o apoio da SAMU RN na locomoção dos pacientes, conforme relato da Sesap. Um dos pacientes saiu da Unidade de Pronto Atendimento de Parnamirim, na Grande Natal, utilizando oxigenação, com destino ao Hospital Rafael Fernandes; e o outro paciente, foi transferido do Hospital Regional de João Câmara para o Hospital São Luiz. O Hospital Rafael Fernandes é de serviço estadual.

A unidade é considerada referência macro regional no tratamento de condições infectocontagiosas, dispondo de 14 leitos para pacientes acometidos Covid-19, sendo 10 de UTI com leitos críticos. O Hospital São Luís é contratado pelo Estado para atendimentos Covid, dispondo de 40 leitos de UTI.

RN começa semana com taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 84,1%; Grande Natal tem 89,9%


A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 81,3%, registrada no início da manhã desta segunda-feira (22). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 432.

Até o momento desta publicação são 42 leitos críticos (UTI) disponíveis e 222 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 88 disponíveis e 210 ocupados. Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 89,9% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 80.2% e a Região Seridó tem 68.6%

18 fevereiro 2021

Confira a leitura da mensagem anual do prefeito de Tenente Laurentino Cruz, Inácio Macêdo


Por Edson Dantas - O prefeito de Tenente Laurentino fez hoje a leitura de sua mensagem anual na Câmara dos Vereadores, na ocasião da abertura dos trabalhos legislativos. 

Confira a leitura na íntegra:

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal, vereador Eliodelson Bezerra da Silva, Del; Excelentíssimos vereadores, vereadora e servidores integrantes desta Casa Legislativa; Excelentíssimo vice-prefeito, Rafael Medeiros; Senhores Secretários e Servidores Municipais, internautas; Meus amigos, irmãos e conterrâneos de nosso querido município de Tenente Laurentino Cruz. Boa Tarde!

Estamos em nosso primeiro ano de mandato como prefeito de Tenente Laurentino Cruz e com isso venho aqui hoje apresentar nossa mensagem da gestão no dia em que se abre um grande e promissor ano de trabalho do Legislativo para contribuir com ações de promoção ao bem comum de nossos munícipes.

Ao chegar nesta Casa, lembrei-me de que já estive presente aqui por quatro anos, e que, em diferentes ocasiões prestei relevantes serviços a este município enquanto vereador. Sempre fui muito bem acolhido e bem recebido por todos que trabalham aqui. Reconhecendo o importante trabalho de fiscalização que compete aos vereadores, esperamos contar com todos em nossas ações em prol do bem do nosso povo.

Entretanto, hoje, compareço a esta Casa Legislativa pelo dever constitucional de ler a mensagem anual, abrir os trabalhos legislativos do ano de 2021 e apresentar para todos a situação em que recebemos a Prefeitura do nosso Município, as ações que desenvolvemos nos nossos primeiros quarenta e cinco dias de gestão, bem como, os projetos que já estão em andamento e que pretendemos implantar nos próximos meses para a melhoria de vida em nossa comunidade. Afirmo o compromisso de estar sempre aqui durante nossa gestão para prestar esclarecimentos conforme as circunstâncias e necessidade.

Nobres vereadores e vereadora: a vida nos reserva sempre o que merecemos. Estar aqui na condição de gestor do nosso município é algo que me enche de alegria e ao mesmo tempo responsabilidade. Alegria de saber que mais de 63% da população disse um sim ao trabalho e ao progresso. Contudo, sou consciente da responsabilidade que estou assumindo perante ao nosso povo.

Há pouco mais de um mês assumíamos a gestão da Prefeitura Municipal. Entramos na prefeitura e nas secretarias com informações básicas e nos deparamos com uma tamanha estranheza que nos deixou, por horas e até dias, sem saber por onde começar. Eram tantas as demandas, tantas as dúvidas, tantos os desencontros que não parecia em nada com aquilo que nos foi apresentado em nossa transição de governo pós eleição.

O povo, já clamando por mudança, nos deu a inspiração para arregaçar as mangas e agir, pois foi o povo, em primeiro lugar, que agiu politicamente para nos colocar onde estamos. Foi um imenso abraço coletivo que nos trouxe à liderança maior de nosso município.

Hoje, um mês e meio depois, começamos a sentir um ar de mudança. Claro que não tem como mudar do dia para noite, não tem mágica. Será preciso pulso forte, planejamento, seriedade e a compreensão de toda população.

Nosso compromisso com a gestão pública é servir a um propósito de trabalhar com excelência. É procurar atender nosso povo da maneira menos burocrática possível. É trabalhar com um horizonte de igualdade e equidade.

Neste início de gestão, como dito, tem sido um tanto complexo para muitos de nós. Parte de nossas ações precisaram de extrema cautela para se tornarem concretas, pois nos deparamos com muitas situações adversas.

Como não temos uma sede própria para a prefeitura e secretarias, tivemos dificuldades com arquivos, aluguéis, informações e setores desconexos, contas para pagar, contas bancárias bloqueadas, débitos para serem negociados, funcionários reivindicando direitos que lhes foram negados há anos. Secretarias em verdadeiro estado de abandono, setor de transportes precário…

Garanto que não faltou vontade nossa de resolver, mas muito ainda há por ser feito. Precisamos de muita calma e paciência para sanarmos todos os problemas sem ferir sequer uma lei.

Não sabemos ainda de quem é a culpa, mas, funcionários de má índole, que, possivelmente compreendendo que seriam exonerados de seus cargos, não respeitaram aquilo que é um bem público, um bem do povo.

Ao chegar da Secretaria de Obras fiquei estarrecido com o que encontrei: carros abandonados, veículos que poderiam estar servindo a saúde no transporte dos nossos pacientes, ou na agricultura no corte de terra, sem esquecer dos alunos com o transporte escolar. Tudo praticamente destruído.

Não bastasse, descontaram a contribuição de INSS dos funcionários em seus contracheques e não repassaram ao ministério para suas aposentadorias. Quase meio milhão de reais que ainda não sabemos como foi usado, nem onde foi parar esse dinheiro. Um total de R$ 470.664,92 que por sinal, com muito esforço, já pagamos.

Não queremos aqui culpar a gestão anterior por isso, mas não achamos justo arcar com erros e problemas que não eram nossos. No entanto, se trata de cuidar bem do povo. Um funcionário triste não consegue transmitir alegria. Então passamos semanas economizando com a ajuda de nossos secretários, coordenadores e outros servidores e conseguimos pagar essa dívida de quase meio milhão de reais em um mês. Muito obrigado a toda nossa equipe pelo empenho.

Nossa equipe tem se esforçado a cada dia para atender a população nos serviços mais essenciais. Temos uma gestão com alguns ajustes a serem feitos para que nosso trabalho gere confiança e atenda nossas necessidades da melhor forma possível.

Somos servidores do povo e para o povo. Nossa obrigação deve transpor nossas limitações que não são pequenas e, nosso compromisso de gestão ainda é tudo aquilo que nos propusemos fazer e pregamos por anos, criar possibilidade para que nossas ações reflitam a melhoria e qualidade de vida que almejamos para nossa comunidade em geral.

Infelizmente, ainda há um pouco de ignorância por parte de poucos que desconhecem o que temos enfrentado. Mas, o que precisamos é de críticas construtivas e jamais de perseguições. Precisamos de uma oposição que percebendo algo que não condiz com o senso comum de nosso povo nos procure. Nos ajude a trabalhar. Se há, e sempre há, algo a ser mudado ou melhorado, precisamos de uma oposição que venha até nós com o problema para, nos preceitos da Lei, transformar frustrações em benefícios que sirvam a todos.

Saibam os senhores e senhoras que, com o tempo, nossas ações têm abrangido nossa cidade e comunidades rurais.

Iniciamos nosso mandato convocando a população para uma grande ação de limpeza, onde retiramos toneladas de lixo e entulhos que se amontoavam nas ruas, praças e canteiros. Acabamos com lixões que se formavam na entrada da cidade. Fizemos alguns reparos no calçamento da RN do acesso ao nosso município.

No setor de transportes, trocamos pneus, revisamos vários carros como as ambulâncias (Fiorino e Montana), as spins que transportam passageiros para Caicó e Natal. Recuperamos dois tratores, as grades de arar, além de outros veículos que estão de volta, servindo à população.

Criamos o Conselho Municipal de Defesa Civil, visitamos cerca de 60 produtores com o corte de terra, algo em torno de 100 hectares. Já foram colocadas 40 pipas de água em reservatórios, beneficiando algo em torno de 20 pessoas. Estamos trabalhando para, em breve, reimplantar o programa de Inseminação Artificial, onde vamos beneficiar mais de 60 produtores de leite do município. Isso vai gerar desenvolvimento, além de melhorar a qualidade do rebanho.

Firmamos parcerias com serviços e programas de capacitação e promoção do desenvolvimento de micro e pequenas empresas do município, pois queremos capacitar nossos jovens para o mercado de trabalho. Temos consciência das nossas potencialidades turísticas e precisamos apresentar isso para a região e para a mídia, transformando nossos cartões postais, o frio da serra, em demanda turística. Assim, criamos a Lei do Conselho Municipal de Turismo, que dá base para a criação do Conselho Municipal de Turismo para atrair visitantes e investimentos.

Disponibilizamos uma advogada para atender na Defensoria Pública. Viabilizamos o atendimento remoto de 100% dos idosos do grupo Paz e Amor. Finalizamos o Curso de Corte e Costura pelo SENAI, além de outras ações juntos aos usuários do SCFV, Bolsa Família e Programa Criança Feliz.

Realizamos a limpeza das Praças Esportivas (do campo de futebol “O Tarcisão”, Ginásio Poliesportivo Dom José Delgado e Ginásio José Pereira Filho). Fizemos a manutenção e substituição de lâmpadas e reatores danificados no Ginásio Dom José Delgado, além do serviço na rede de esgoto e construção de bancos para jogadores no Estádio de Futebol “O Tarcisão”.

Tenho plena consciência que a verdadeira mudança começa pela educação. Desta maneira terei todo uma atenção com esta pasta. Neste primeiro momento, mesmo diante de uma pandemia, organizamos as atividades pedagógicas para a conclusão do ano letivo de 2020. Garantimos locomoção dos nossos jovens na realização das provas do ENEM. Temos apoiado e incentivado a utilização da plataforma Google meet como ferramenta tecnológica para ofertar aulas, produzindo materiais impressos e desenvolvendo estratégias de comunicação  adaptadas  à realidade remota.

Reativamos o laboratórios de exames do Centro de Saúde Padre José Dantas Cortez que estava desativado há meses.

Reestruturamos o setor de comunicação da prefeitura, criamos páginas nas redes sociais para divulgar nossas ações, atendemos ao público das 7h às 13h de segunda a sexta. Temos este diálogo aberto com o povo laurentinense também pela internet.

Então, como Vossas Excelências ouviram, em pouco mais de um mês de mandato, não paramos e tenho certeza que vamos arrumar a casa e fazer uma gestão para entrar na história do desenvolvimento municipal.

Nossas visões políticas podem ser diferentes, mas precisamos de coerência para pensarmos e fazermos o bem e a prosperidade de nossa comunidade. Vamos deixar as divergências partidárias de lado, pois todos nós fomos eleitos pela maioria do nosso povo e o que todos esperam de nós e que trabalhemos pra construirmos uma Tenente Laurentino igualitária e mais humana para todos.

 Para os próximos meses já estamos viabilizando ações como: investimentos na saúde, através de emenda do deputado estadual Vivaldo Costa, no valor de R$ 200 mil; aquisição de uma ambulância através de emenda do deputado Ubaldo Fernandes, aquisição de dois carros populares com recursos (doação)

Apesar dos avanços notórios e consideráveis, sei que ainda é cedo para que a população possa avaliar o nosso mandato. Por isso, pedimos um pouco de paciência, pois, com cautela, em poucos meses teremos equilibrado as finanças do município e poderemos ser julgados com maior propriedade. Precisaremos de sugestões e críticas construtivas que convirjam em pontos de onde poderemos melhorar.

Finalizo honrando e agradecendo os quase 2.800 votos livres que tivemos e rogo para que todos, Vossas Excelências e o povo de nossa cidade, a mais alta do Rio Grande do Norte, nos dê as mãos para que juntos, em união, possamos fazer de nossa cidade, de nosso município um lugar de destaque desejado para se viver bem.

Depende de nós transmitirmos aquilo que verdadeiramente de bom temos! Agradeço a todos! Muito Obrigado! Sejamos felizes com a Graça do Deus todo poderoso e as bênçãos do nosso padroeiro São Francisco de Assis.

Tenente Laurentino Cruz-RN, 18 de fevereiro de 2021

Francisco Macêdo da Silva

Prefeito do Município.

Bolsonaro anuncia que impostos federais que incidem sobre o diesel serão zerados por dois meses


O presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai zerar por dois meses, a partir de 1º de março, os impostos federais que incidem sobre o óleo diesel. O anúncio foi feito na noite desta quinta (18), durante a live semanal que o presidente realiza nas redes sociais.

“Nesses dois meses nós vamos estudar uma maneira definitiva de buscar zerar o imposto para ajudar a contrabalancear esses aumentos, no meu entender excessivo, da Petrobras. Mas eu não posso interferir, nem iria interferir na Petrobras, se bem que alguma coisa vai acontecer na Petrobras nos próximos dias, você tem que mudar alguma coisa, vai acontecer”, disse o presidente.

Emparn diz que chuvas seguem até domingo (21)


Até domingo (21), a previsão é de céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões com pancadas de chuvas devido a circulação do ar favorável em altos níveis da atmosfera, que favorecem a entrada de umidade sobre a região e a consequente formação de chuvas sobre o Estado.

É previsto que ocorram chuvas espalhadas por todas as regiões e o início da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), para o próximo final de semana”, avaliou Bristot.

Bolsonaro anuncia redução no imposto de importação de bicicletas


O presidente Jair Bolsonaro anunciou na noite desta quarta-feira (17) que o governo vai reduzir de 35% para 20% a alíquota do imposto de importação de bicicletas no Brasil até o final do ano.

Em uma postagem nas redes sociais, em que aparece andando de bicicleta, o presidente escreveu que a medida foi uma decisão da Câmara de Comércio Exterior (Camex), do Ministério da Economia, e será publicada na edição de amanhã (18) do Diário Oficial da União (DOU).

“Atualmente o Imposto é de 35%. A CAMEX deliberou por diminuí-lo. Publicará no DOU de amanhã: para 30% em março/21; para 25% em julho/21; e para 20% em dezembro/21”, postou Bolsonaro.

Conheça 5 carros que estão prestes a deixar de serem fabricados no Brasil


Nem sempre o baixo volume de vendas é critério para que um carro seja descontinuado no Brasil. Um bom exemplo disso é o fim produção nacional da Ford, que teve volume anual considerável de 117 mil unidades vendidas em 2020 com os modelos Ka, Ka Sedan e EcoSport. A iniciativa da fabricante visa o longo prazo, mesmo que isso comprometa sua receita em 2021.

Mas há casos em que, ainda mais quando economia e eficiência são palavras de ordem em tempos de crise, o baixo de volume de vendas pode ser fatal. O VW Up! é um sucesso de crítica, mas suas vendas foram abaixo do esperado, o que deverá encerrar sua produção no Brasil em breve. Há também o caso do Toyota Etios , que também não se saiu como deveria no mercado.

1 – Volkswagen Up!

O VW Up! foi lançado no Brasil seguindo a forte tendência dos subcompactos europeus. O modelo ganhou apelo entre os mais jovens, principalmente pela praticidade e economia de combustível proporcionada pelos motores de três cilindros. Na versão TSI, os amantes da velocidade também encontraram um esportivo muito divertido de dirigir, mas com o tempo o Up! foi perdendo apelo.

A Volkswagen deverá interromper a produção do Up! – atualmente vendido em versão única por R$ 60.090 – na fábrica de Taubaté (SP) ainda no primeiro semestre de 2021. Ele dará lugar ao futuro projeto A00, que será a base para a próxima geração do Gol . Por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus, o planejamento da marca alemã foi postergado, e o A00 não deverá aparecer antes de 2022.

2 – Toyota Etios

A Toyota lançou o Etios em 2012 como seu primeiro veículo compacto no Brasil. O design pouco atraente causou resistência nos consumidores, ainda que sua mecânica fosse adequada para a categoria. O compacto acabou caindo bastante nas vendas, principalmente após o lançamento do Toyota Yaris em 2017.

O Etios deixará de ser produzido em Sorocaba (SP) sem deixar um substituto nos próximos meses para dar lugar à linha de montagem do SUV Corolla Cross . O modelo compacto será lembrado como o primeiro passo da Toyota em um segmento abaixo do Corolla no Brasil. A partir de 2021, este papel caberá exclusivamente ao Yaris .

3 – Fiat Uno

Após 38 anos de mercado, o Fiat Uno pode estar próximo do fim no Brasil. Os executivos da Fiat estavam prontos para declarar o fim de sua produção, mas com o encerramento das operações da Ford como fabricante de veículos no Brasil, o compacto poderá ganhar sobrevida para captar alguns clientes do Ka.

Fato é que a atual geração do Uno lançada em 2010 já não tem o mesmo apelo de seus tempos dourados, e está sobrando no catálogo da Fiat. Em 2016, a marca italiana ainda lançou o Mobi , seu compacto mais barato que supera o Uno em modernidade e estilo. Ao longevo hatchback, o fim é uma certeza.

4 – Honda Civic

A história do tradicional modelo médio no Brasil começa em meados dos anos 90, como importado. Apenas em 1998 é que o primeiro modelo nacional foi fabricado em Sumaré (SP). De lá para cá o carro fez bastante sucesso no mercado brasileiro, tendo como principal rival do Toyota Corolla. Mas veio a onda dos SUVs e começou a varrer tudo pela frente.

Além disso, agora chega a nova geração, que será bem diferente da atual e não deverá mais ser feita no Brasil. Assim como acontece com o VW Golf , o mais provável é que o Civic volte a ser importado e em apenas poucas versões no mercado brasileiro.

5 – Chevrolet Montana

No segmento de picapes leves reina absoluta a Fiat Strada . E apenas a marca italiana, que inventou esse tipo de carro no Brasil, está disposta a continuar investindo neste terreno. As demais vão migrar para o andar de cima, onde fica a Toro. No caso da GM, aposta será em um novo modelo, maior que a Montana , que ainda tem a mesma base do Agile, que saiu de linha em 2014.

Hoje em dia, a picape da GM é vendida mais para frotistas, apenas na versão LS, oferecida por R$ 78.370, valor que inclui ar-condicionado, direção assistida, conjunto elétrico, computador de bordo, banco do motorista com regulagem de altura, entre outros itens.

IBGE oferece 3.313 vagas temporárias no RN


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reabriu o aguardado concurso para mais de 200 mil vagas temporárias para a realização do Censo Demográfico 2021, com salários de até R$ 2.100. No Rio Grande do Norte, são oferecidas 3.313 vagas. Os editais foram publicados nesta quinta-feira (18) no Diário Oficial da União. São dois processos seletivos e há vagas distribuídas para todos os 167 municípios do estado. Veja a distribuição de vagas e salários:

2.910 vagas para a função de Recenseador: remuneração por produção, de acordo com o número de domicílios visitados e questionários respondidos.

151 vagas para a função de Agente Censitário Municipal (ACM): salário de R$ 2.100.

252 vagas para a função de Agente Censitário Supervisor: salário de R$ 1.700

Para a função de recenseador, é exigido ensino fundamental completo. A previsão de duração do contrato é de até 3 meses, podendo ser prorrogado mediante necessidade de conclusão das atividades do Censo e de disponibilidade orçamentária. A jornada de trabalho é de, no mínimo, 25 horas semanais. Veja AQUI o edital. Para as funções de agente censitário, é exigido ensino médio completo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os melhores colocados em cada município ocuparão a vaga de agente censitário municipal, que será o responsável pela coordenação da coleta naquela cidade. Os demais supervisionam as equipes de recenseadores. A previsão de duração do contrato é de até 5 meses, podendo também ser prorrogado. 

Somente em Natal, são mais de 740 vagas para recenseador. Em Mossoró, no Oeste potiguar, 247. Em Parnamirim, na região metropolitana, 227.

Inscrições

Para as vagas de recenseador, as inscrições começam no dia 23 de fevereiro e vão até 19 de março, pelo site http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_ recenseador. A taxa de inscrição é de R$ 25,77.

Para as vagas de agente censitário municipal e agente censitário supervisor, as inscrições começam nesta sexta-feira (19) e vão até 15 de março pelo site http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_agente. A taxa de inscrição é de R$ 39,49.

8,6 milhões de trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial


Cerca de 8,64 milhões de trabalhadores não sacaram ainda aproximadamente R$ 7 bilhões do abono salarial PIS-Pasep 2020-2021. No caso do PIS, que é pago para trabalhadores da iniciativa privada, 8.169.485 de trabalhadores não sacaram o valor aproximado de R$ 6,6 bilhões.

O PIS, pago pela Caixa Econômica Federal, abrange 22.238.600 de trabalhadores, com direito a receber cerca de R$ 17,5 bilhões no calendário 2020/2021. Há ainda cerca de 2 milhões de trabalhadores que não sacaram o PIS do calendário 2019-2020, segundo a Caixa. No caso do Pasep, que é pago pelo Banco Brasil para trabalhadores do setor público, cerca de 477 mil trabalhadores não sacaram ainda o abono salarial, com saldo remanescente de R$ 373 milhões.

Bolsonaro zera imposto federal no gás de cozinha a partir de 1º de março


O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua live semanal, na noite desta quinta-feira (18), que a partir de março, não haverá tributo federal sobre o gás de cozinha. “Hoje à tarde, reunido com a equipe econômica, tendo à frente o Paulo Guedes, decisão nossa: A partir de 1º de março não haverá qualquer tributo federal no gás de cozinha”, afirmou o presidente.

Segundo Bolsonaro, hoje o botijão de gás de cozinha está sendo vendido para o consumidor a R$ 90, mas na origem o valor dele é de R$ 40. “Se está R$90, os R$ 50 é imposto estadual e margem de lucro das distribuidoras”.

“Temos agora que achar uma maneira de mostrar à população quanto é o ICMS de cada estado e sobra, então, uma margem de lucro da distribuidora, né, e o valor da distribuição. Para o pessoal saber quem é que, realmente, porventura está abusando aí para vender o gás na ponta da linha”, disse o presidente.

17 fevereiro 2021

Novo auxílio emergencial deve ser pago a quase 40 milhões de beneficiários


O novo auxílio emergencial deverá ser pago a quase 40 milhões de pessoas, incluindo os 14 milhões do Bolsa Família. Um levantamento do Ministério da Economia indica que será esse o número de beneficiários. A estimativa é de pessoas que ainda estão em situação de vulnerabilidade.

O governo encerrou no fim do ano o programa que começou em abril e beneficiou 68 milhões de pessoas, com R$ 294 bilhões, principalmente trabalhadores informais e população de baixa renda, para minimizar os efeitos da pandemia de coronavírus. Mas a pressão política e econômica, com a escalada dos casos de covid-19 após as festas de fim de ano, fez o tema voltar à tona.

O governo federal está negociando com o Congresso Nacional uma nova rodada do benefício, mas que não comprometa teto de gastos. A pedido do presidente Jair Bolsonaro, foi apresentado um valor de no mínimo R$ 250 pela equipe econômica aos presidentes da Câmara e do Senado, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), respectivamente, na última sexta-feira (12), em reunião na residência oficial da Presidência da Câmara.

O valor do auxílio, no entanto, pode chegar a R$ 300. Vai depender do número de parcelas. Se forem três, aumentam as chances de o valor ser de R$ 300. Mas, no caso de quatro parcelas, a tendência é de que o benefício seja de R$ 250.

Pelo acordo, o Senado vai incluir na PEC do Pacto Federativo e Emergencial uma “cláusula de calamidade” para permitir o pagamento do auxílio sem estourar o teto de gastos. A intenção é voltar a pagar o auxílio em março.

Cão atropelado é socorrido por outro até a chegada de ajuda no Ceará


Dois vira-latas brancos com manchas pretas protagonizaram uma cena que chamou a atenção, em Iguatu (CE), município a cerca de 370 km de Fortaleza. Um dos cães foi atropelado em via pública, enquanto o outro tentava resgatá-lo. Uma câmera flagrou a cena que aconteceu no último domingo (14) e teve as imagens divulgadas.

O animal tentou puxar com as patas o outro cachorro para a calçada, tentando também acudi-lo. Horas após o acidente, a ONG Adota Iguatu realizou o resgate do animal ferido. Não houve registros do veículo que causou o atropelamento. Durante o tratamento a ONG mostrou, por meio das redes sociais, que, mesmo na clínica veterinária, o irmão não parou de se preocupar com o cão ferido.

De acordo com a ONG, houve “um grande avanço para o nosso guerreiro”, em relação ao estado de saúde. “Como podem ver, seu irmão não o larga”, descreveu. Os cães foram batizados como Caju e Castanha, em homenagem à dupla de embolada pernambucana, e agora esperam por adoção.

COVID-19: Ventilar ambiente é mais importante do que passar álcool em tudo, segundo especialista


Desde o início da pandemia, tirar os sapatos ao chegar em casa, lavar sacolinhas de supermercado, tomar banho imediatamente após voltar da rua e borrifar álcool em tudo foram promovidos a hábitos típicos do novo normal. Como voluntária de uma vacina contra o novo coronavírus, adotei precauções ainda mais ortodoxas, como estocar máscaras feitas com tecidos antivirais e desviar de qualquer pessoa que teime em sair sem máscara pelas ruas. Mas é preciso tudo isso mesmo?

A cada dia cientistas apresentam estudos mais robustos sobre os modos de transmissão da Covid e concluem que a infecção por partículas suspensas no ar é muito mais provável do que tocar em uma superfície qualquer não limpa com álcool 70%. Isso significa que uma pessoa infectada tossindo, espirrando ou simplesmente falando em volume normal já está gerando partículas potencialmente contaminadas. Em um ambiente fechado ou mal ventilado, as micropartículas exaladas se acumulam à espera do próximo a ser alvejado.

16 fevereiro 2021

Terça de Carnaval começa com chuva em várias partes do RN


A terça-feira de Carnaval começou com chuva em várias regiões do Rio Grande do Norte. Em Natal, a água começou a cair durante a madrugada e se prolongou até o período manhã. Para o restante da terça-feira (16), a previsão, de acordo com site Climatempo, a previsão é de sol com algumas nuvens, com chuva rápida à noite. A temperatura máxima prevista é de 32ºC.

A expectativa para Mossoró, segunda maior cidade do estado, é semelhante. “Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite”, prevê o site. A máxima é de 33ºC. O mesmo vale para Caicó, no Seridó Potiguar. A diferença é que a cidade pode ficar ainda mais quente, com máxima de 37ºC.

Em Macau, na Costa Branca do estado, e em Tibau do Sul, município do litoral potiguar que abriga a polêmica Praia de Pipa, a previsão do site é a mesma. A temperatura máxima prevista para as duas localidades é de 32ºC. Para Pau dos Ferros, no Alto Oeste do RN, a previsão é de sol com muitas nuvens durante o dia, com períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. A máxima prevista é de 34ºC.

Entidades pedem ao STF para barrar produção de notas de R$ 200 por facilitar corrupção

Diversas entidades ligadas ao combate à corrupção no país ingressaram uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para interromper a emissão de novos lotes de notas de R$ 200 ou definir uma data limite para o fim da circulação das cédulas. A relatora da ação é a ministra Cármen Lúcia.

As organizações afirmam que o país não tem estrutura financeira para a circulação dessas cédulas, que têm sido pouco utilizadas para o pagamento do auxílio emergencial e apontam para o fato de que somente 12% do prometido pelo Banco Central foi emitido.

O pedido é assinado por representantes do Instituto Não Aceito Corrupção, Transparência Partidária, Confederação Nacional das Carreiras e Atividades Típicas de Estado, Transparência Brasil, Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil, Ministério Público Democrático, Associação da Auditoria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União e Associação Nacional do Ministério Público de Conta.

Concurso Marinha SMV: Divulgados editais com 429 vagas para praças; Até R$ 3.380


Um novo concurso do Serviço Militar Voluntário (SMV) para praças foi anunciado pela Marinha do Brasil. Com editais publicados pelos respectivos Distritos Navais, o processo seletivo oferece diversas vagas para diferentes cargos de níveis fundamental, médio e médio/técnico.

Os candidatos aprovados serão contratados temporariamente, porém, com chance de renovação anual, pelo prazo máximo de 8 anos. As oportunidades oferecidas nos editais incluem as áreas de saúde, administração, industrial e de apoio, para a prestação do SMV como cabo ou marinheiro especializado.

Número de vagas

Veja a seguir como ficou a distribuição das vagas conforme o Distrito:

1º Distrito Naval: 166 vagas;

2º Distrito Naval: edital ainda não publicado;

3º Distrito Naval: 72 vagas;

4º Distrito Naval: 31 vagas

5º Distrito Naval: 62 vagas;

6º Distrito Naval: 25 vagas;

7º Distrito Naval: 20 vagas;

8º Distrito Naval: 54 vagas;

9º Distrito Naval: 25 vagas.

Salário e benefícios praça da Marinha

Segundo o site da Marinha do Brasil, um praça temporário recebe como remuneração a quantia de R$ 2.320, no caso de Marinheiros Especializados, e de R$ 3.380 em se tratando de Cabos, que exige ensino médio/técnico. Vale destacar que em ambos os soldos já constam os adicionais.

Além disso, os militares tem como benefícios: assistências médica, odontológica, psicológica e religiosa, acesso às instalações sociorrecreativas para si e seus dependentes, ajuda para aquisição de uniformes, alimentação e ingresso sem exigência de experiência.

Requisitos concurso Marinha do Brasil

Para concorrer a uma das ofertas para as áreas de saúde, industrial ou de apoio é necessário ter ensino médio técnico. Já as especialidades na área administrativa exigem apenas nível fundamental, com exceção para as seguintes funções:

Barbeiro: os candidatos deverão possuir C-FIC do Eixo Tecnológico de Ambiente e Saúde, com cursos realizados em corte e limpeza de cabelos, de barba, costeletas e bigode, conforme os padrões estabelecidos pelo regulamento da Marinha.

Motorista: os interessados deverão ter C-FIC do Eixo Tecnológico de Infraestrutura, com cursos que contemplem atividades de transporte.

Inscrições concurso Marinha SMV

A seleção para temporários da Marinha no posto de praças voluntários já está com as inscrições abertas desde o dia 13 de fevereiro de 2021. Os cadastros seguem disponíveis até o dia 4 de março nos respectivos sites de cada Distrito Naval. Para participar, o candidato deve desembolsar uma quantia no valor de R$ 60, paga até o dia 5 de março.

Segundo comunicado da Marinha do Brasil, a data de aplicação das provas do concurso está prevista para o dia 2 de maio, com gabaritos divulgados no dia 4. Com duração de 3 horas, o exame será de caráter eliminatório e classificatório, na resolução de 50 questões.

Justiça manda Governo do RN regularizar remuneração de PM’s promovidos


O Tribunal Pleno do TJRN concedeu o pedido feito por meio de mandado de segurança, movido pela advogada de 12 policiais militares, no qual eles alegaram que foram promovidos, conforme o Boletim Geral – BG nº 007, de 13 de janeiro de 2020, com efeitos retroativos a 25 de dezembro de 2019, e que, apesar disso, ainda continuavam a receber remuneração relativa à graduação anteriormente ocupada. O julgamento determinou que a implantação e o subsequente pagamento da remuneração aos impetrantes seja realizado em caráter imediato, relativa à graduação atualmente ocupada, conforme promoção publicada no boletim e nos termos da Lei Complementar Estadual nº 463/2012.

O Estado chegou a alegar que o pleito não foi efetivado administrativamente pelo fato do ente público se encontrar no limite prudencial para despesas com pessoal, de que trata a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Segundo o julgamento atual do Pleno, se o ato de promoção dos impetrantes foi publicado no Boletim Geral – BG nº 007, de 13/01/2020, com efeitos retroativos a 25 de dezembro de 2019, não existe qualquer justificativa para continuarem a receber subsídio inferior ao legalmente estabelecido. “Todo servidor público tem o direito de perceber a remuneração correspondente ao cargo que ocupa. Se os impetrantes estavam recebendo subsídio inferior ao que fazem jus, o ato questionado padece de ilegalidade”, enfatiza a relatoria do MS, sob a apreciação do desembargador Ibanez Monteiro.

Ainda de acordo com o relator, não há porque se falar em afronta à Lei de Responsabilidade Fiscal, uma vez que não se trata de aumento e sim de implementação de direitos inerentes à carreira do servidor.

“A lei que estabelece o padrão remuneratório encontra-se em plena vigência e deve ser efetivada, não sendo aceitável ao poder público negar sua aplicação sob o argumento de afronta ao limite prudencial de despesas com pessoal”, conclui o voto, que segue a própria jurisprudência, em julgamentos conexos, da Corte potiguar.

Janeiro bate recorde de mortes por covid em um único mês no Brasil


Janeiro registrou o maior número de mortes por covid-19 em um único mês no país desde o início da pandemia. Os dados são do portal da Transparência da Arpen Brasil (Associação de Registradores de Pessoas Naturais), que reúne informações da causa-morte apontada na declaração de óbitos entregue aos cartórios.

Com uma segunda onda sem controle, em janeiro —segundo dados ainda passíveis de atualização para mais— foram 29.782 óbitos pela doença causada pelo novo coronavírus. O recorde até então havia sido batido em julho, quando 29.723 morreram por covid-19.

O número de mortos em janeiro supera, inclusive, a soma de mortes por covid-19 entre outubro e novembro (quando tivemos os menores números até aqui de óbitos pela doença).

Diferente dos dados das secretarias estaduais —e consequentemente do Ministério da Saúde e do consórcio de imprensa—, os dados dos cartórios se baseiam na data de óbito, e não no dia do registro da confirmação da infecção por covid-19 (o que muitas vezes leva dias após a morte).

Ontem, essa média móvel de registros diários medida pelo consórcio, por sinal, alcançou o maior número da pandemia: 1.105 casos, sendo a primeira vez que ficou acima de 1.100 desde a chegada da covid-19 no país.

Os dados do Portal da Transparência da Arpen têm um prazo de até 15 dias para serem inseridos no sistema. Entretanto, em muitos casos, esse prazo pode variar para mais, o que torna possível inserções no banco de dados referente a mortes após esse período.

Seridó registra chuvas de mais de 140 mm em vários municípios nas últimas horas


Nas últimas horas na região Seridó há registros de chuvas de mais de 100mm em vários pontos monitorados, confirmando as previsões para o período. Os maiores foram em São João do Sabugi (Fazenda Mulungu) – 165mm, Caicó (Sítio Juá de baixo) – 144mm e Serra Negra do Norte – 127mm, confira abaixo.

Registros de chuvas na região Seridó:

Palma 100mm

Fazenda Feitosa – São João do Sabugi – 130 mm

Sítio Mulunguzinho – Caicó – 91 mm

Sítio Juá de baixo – Caicó – 144 mm

Sítio Nova Olinda – Caicó 20 mm

Sítio Brejinho – São João do Sabugi – 130 mm

Ipueira – zona urbana – 105 mm

Boa Passagem – Caicó – 45 mm

Sítio Serrote do Tigre – Picuí – 6 mm

Sítio Manhoso – Caicó – 13 mm

Fazenda Monte Alegre – Carnaúba dos Dantas – 72 mm

Sítio Carcará – São João do Sabugi – 100 mm

Fazenda Mulungu – São João do Sabugi – 165 mm

Lagoa da Serra – 102 mm

Sítio Bestas Bravas – 35 mm

Sítio Barra do Riacho – Junco do Seridó – 15 mm

Bairro Penedo – Caicó – 40 mm

Serra Negra do Norte – 127 mm

Sítio Malhada da Pedra – Paulista/PB – 50 mm

Sítio Lagoa da Serra – Serra Negra do Norte – 120 mm

Sítio Saudade – 80 mm

Sítio Jerusalém – São João do Sabugi – 96 mm

Sítio Barra da Espingarda – 17 mm

Sítio Curral Queimado – Serra Negra do Norte – 115 mm

Sítio Logradouro dos Enéias – 110 mm

Sítio Riacho da Serra – Caicó – 15 mm

Bairro Paraíba – 42 mm

Sítio Buriti – Caicó – 15 mm

Timbaúba dos Batistas – zona urbana – 73 mm

Fazenda Bom Sucesso – 60 mm

Bairro Nova Caicó – 45 mm

Bairro Paulo VI – Caicó – 55 mm

Florânia – 15 mm

Sítio Varzea Redonda – 85 mm

Sítio Três Riachos -42 mm

Fazenda Herança – Caicó – 37 mm

Sítio Caibreira – São João Sabugi – 79 mm

Sítio Maravilha – Caicó – 115 mm

Sítio Mata Fome – São João do Sabugi – 100 mm

Chacará Vaca Brava – São João do Sabugi – 85 mm

São João do Sabugi – Zona Urbana – 110 mm

Sítio Riacho dos Cavalos – São João do Sabugi – 100 mm

Penitenciária Estadual do Seridó – 40 mm

Cohab – Jucurutu – 48 mm

15 fevereiro 2021

Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência na cidade de Tenente Laurentino Cruz


O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), reconheceu, nesta sexta-feira (12), a situação de emergência em oito municípios de cinco estados.

No Rio Grande do Norte, Tenente Laurentino Cruz registrou ocorrência de seca e entrou em situação emergencial. Com o reconhecimento, a localidade pode ter acesso a recursos federais para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais à população e recuperação de infraestruturas danificadas.

O auxílio pode ser solicitado sempre que necessário – inclusive em situações recorrentes, como é o caso de desastres ocasionados por seca ou chuvas intensas. Para receber, é necessário atender aos critérios exigidos pela Instrução Normativa n. 36/2020. Prefeituras e governos devem apresentar o diagnóstico dos danos e um plano de trabalho para a execução das ações.

Além da cidade potiguar, outras sete estão em emergência. Corumbá (MS), Iretama (PR) e Pitanga (PR) foram afetadas por enxurradas. Em Dezesseis de Novembro (RS), o problema é com a estiagem. Embu das Artes (SP), Peruíbe e Morro Redondo (RS) foram atingidas por tempestades locais.

12 fevereiro 2021

“Vamos vacinar o país todo em 2021”, afirma ministro da Saúde


O senado promoveu, nesta quinta-feira (11), audiência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Ele foi convidado pelos senadores para falar sobre as dificuldades enfrentadas pelo Brasil para agilizar a imunização da população contra a Covid-19. Pazuello afirmou que o Ministério da Saúde vai imunizar toda a população ainda em 2021. “Serão 50% das pessoas até julho e 50% até dezembro. A esperança continua sendo nossas vacinas. Já chegamos a 5 milhões de doses aplicadas das 11 milhões distribuídas e vamos fazer muito mais.”

Sobre as estratégias previstas para garantir que toda a população seja imunizada, Pazuello destacou a fabricação nacional de doses e a compra de quantidades internacionais. “O que temos para fevereiro é o seguinte: o Instituto Butatan vai fabricar de 8 a 12 milhões de doses por mês na sua capacidade máxima. Para fevereiro, temos a entrega de um primeiro lote no dia 15, contendo de 6 a 8 milhões de doses. Quanto a negociações, recebemos a primeira parte das doses da Astrazeneca, mas a produção em parceria com a Fiocruz só fica pronta no início de março.”

O ministro também falou que há negociações com outros laboratórios da Rússia e da Índia para complementação da imunização, algo em torno de mais 30 milhões de doses também a partir do mês que vem.

Ainda durante sua participação, o ministro expôs que o governo federal foi “pego de surpresa” sobre os desdobramentos da pandemia. “Pensávamos e tínhamos observação técnica de tudo o que acontecia. No segundo semestre de 2020, vimos uma queda nos números. Estávamos focados na compra das vacinas para poder fazer o trabaalho final, que é manter a estabilidade no números de casos e voltar à normalidade. Mas essa ideia foi quebrada. Nos últimos 90 dias, países com capacidade de estrutura maiores que a nossa estão apresentando números de contágios e óbitos inacreditáveis.”

Pedido ao Senado

“Embora não seja essa minha vontade diante da frieza, diante da ineficácia, diante da falta de destreza na administração do conflito que esse país está vivendo”, disse a senadora em entrevista à Rádio Senado.

Bolsonaro prevê retorno do auxílio emergencial a partir de março


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (11) que a prorrogação do auxílio emergencial “está quase certa” e que o benefício deve ser liberado por mais três ou quatro meses. A data de início da nova rodada de pagamentos ainda não está definida. A afirmação foi realizada em entrevista à TV Mirante, afiliada da TV Globo no Maranhão. Bolsonaro foi ao estado para uma cerimônia de entrega de títulos de propriedade rural na cidade de Alcântra.

“Está quase certo, ainda não sabemos o valor. Com toda certeza – pode não ser – a partir de março. Três a quatro meses. Está sendo acertado com o Executivo e o Parlamento também porque temos que ter responsabilidade fiscal”, disse.

Descartada inicialmente pela equipe econômica do governo, a extensão do auxílio emergencial, é alvo de pressão de parlamentares diante do avanço de uma segunda onda de covid-19 no Brasil.  Isso porque a nova alta de casos deve postergar a recuperação econômica e do mercado de trabalho.

A proposta oficial do governo para renovar o benefício ainda é desconhecida, mas já existe uma reação negativa do mercado à possibilidade de uma nova despesa ser criada fora do teto de gastos e sem cortes de outros desembolsos como contrapartida.

“O auxílio emergencial custa caro para o Brasil, é um endividamento enorme para o Brasil. […] Agora, não basta apenas conceder apenas mais um período de auxílio emergencial, o comércio tem que voltar a funcionar. Tem que acabar com essa história de ‘fecha tudo’, devemos cuidar dos idosos que tem mais comorbidades, o resto tem que trabalhar”, afirmou Bolsonaro. Ele ainda alertou para o risco de um super endividamento do país, com resultados como perda de crédito e inflação. “Aí vem o caos e ninguém quer isso aí”, disse.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...