Páginas

30 março 2016

Agricultores plantarão quatro mil mudas em comunidade rural de Currais Novos

Para aproveitar as chuvas que estão caindo na região Seridó, agricultores familiares de Currais Novos realizarão amanhã (31), a partir das 7h, o plantio de mais de quatro mil mudas de espécies nativas da Caatinga. 

A ação está inserida no projeto Terra Viva, coordenado pela Emater-RN, e que consiste na recuperação de solos degradados pela agropecuária e pela desertificação na região Seridó.

O plantio acontecerá próximo a rios e riachos na comunidade Trangola, situada há 20 quilômetros do centro de Currais Novos, onde o projeto Terra Viva é desenvolvido desde 2015. Serão plantadas mudas de craibeira, jucá, aroeira, pereiro, além de frutíferas, como mangueiras e goiabeiras, e a moringa, para forragem (alimentação animal).

As árvores auxiliarão a recompor a mata ciliar e onde os solos foram mais atingidos pelo processo de erosão. Além dos adultos, as crianças e jovens das famílias rurais se envolverão na ação, com o apoio dos técnicos do escritório local da Emater-RN em Currais Novos e de alunos da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ – UFRN).

Segundo a assistente social da Emater-RN, Elina Carvalho, as mudas foram produzidas desde outubro do ano passado pelas crianças e jovens que participam do projeto, denominados “Semeadores da Caatinga” – uma maneira de envolver as novas gerações nos ensinamentos sobre o meio ambiente.

Com mais de quatro mil mudas prontas, o grupo apenas aguardava as boas chuvas na região para iniciar o plantio, considerando que essa região, entre outras, passou os últimos cinco anos sendo prejudicada pela seca constante. “Esta semana, choveu mais de 90 milímetros na comunidade e hoje o tempo está bem nublado”, comemorou a extensionista da Emater-RN.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...